Trânsito

Prefeito de Braço do Norte sanciona lei para ensinar empreendedorismo nas escolas municipais

A intenção é que o projeto seja implantado em 2019 nos sextos anos do ensino fundamental para cinco turmas, totalizando cerca 160 alunos.

Foto: Suham Dellatorre / Comunicação Prefeitura de Braço do Norte

Braço do Norte já é uma cidade bastante empreendedora. Prova disso são os títulos que carrega: Capital Sul Americana da Moldura e Capital Nacional do Gado Jersey. Além disso, tem a melhor carcaça suína do Estado de Santa Catarina, é um dos maiores produtores de peixe de água doce do Estado, tem indústria e comércio forte e diversificado.

Mas para fomentar ainda mais a veia empreendedora do município, o prefeito Beto Kuerten Marcelino, sancionou, nesta sexta-feira (14), a lei que autoriza o município a incluir, do 6º ao 9º ano do ensino fundamental, o projeto Empreendedorismo na Escola.

De acordo com o prefeito, a proposta partiu dos encontros do Desenvolvimento Econômico Local – DEL, realizado em parceria entre o executivo e a Acivale. Além disso, teve o aval do Conselho Municipal de Educação e da Câmara de Vereadores, sendo aprovado por unanimidade pelos edis. “Este será um projeto importante para o futuro da nossa cidade. Os alunos terão noções básicas de empreendedorismo e isso os deixará mais preparados para o mercado de trabalho”, comentou.

A intenção é que o projeto seja implantado em 2019 nos sextos anos do ensino fundamental II nas escolas Adolfo Wiggers, no São José, e Professor Antônio Rodhen, no Centro, para cinco turmas, totalizando cerca 160 alunos.

De acordo com a secretária de Educação, Claudinéia Niehues, as aulas acontecerão uma vez por semana. “Em um dia específico serão dadas seis aulas de 37 minutos, o que é previsto em Lei, ao invés de cinco aulas, então, neste dia, será dada a matéria de empreendedorismo”, explicou.

Segundo Claudinéia, o projeto é amparado no artigo 26 da LDB (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional). “Será aberto edital, porém, os professores serão escolhidos através de currículo e aula prática analisada por uma banca formada por membros da sociedade civil, legislativo, Secretaria de Educação, DEL e comissão de professores do município”, encerrou.

Colaboração: Suham Dellatorre / Comunicação Prefeitura de Braço do Norte

Notícias Relacionadas

Grupo RB recepciona clientes durante evento em comemoração ao 5º aniversário

Siderópolis assina na Agroponte Lei que institui o Vale Feira para servidores públicos municipais

Com investimento anual de R$ 120 mil, medida deve impulsionar ainda mais a Agricultura Familiar municipal

ACIO: Curso Redes Sociais na Prática será realizado na próxima semana em Orleans

O curso apresentará atividades práticas de estratégias para redes sociais, visando impulsionar os resultados para as empresas.

Lei aprovada em Imbituba irá oficializar o programa que beneficia idosos

O Diretor Municipal de Esportes de Imbituba, Norton Evaldt, defendeu, nos últimos dias, na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Vereadores, o Projeto de Lei que torna oficial o programa “Comunidade Ativa”.