Educação

Braço do Norte terá aulas online de reforço gratuita para alunos do 4º ao 9º ano da rede municipal

Conforme o prefeito, Beto Kuerten Marcelino, a ideia é melhorar o índice de aprendizagem dos alunos da rede municipal de ensino

Divulgação

Tem novidade na rede municipal de ensino de Braço do Norte! A partir de fevereiro, quando iniciarem as aulas, os alunos do 4º ao 9º ano contarão com um reforço na aprendizagem: o Clube Aluno.

A plataforma, que pode ser acessada pelo computador ou por aplicativo no smartphone, terá professores online, à disposição, para esclarecer as dúvidas dos alunos e para dar aquele reforço no conteúdo quando necessário. O investimento é de R$ 450 mil por ano.

Conforme o prefeito, Beto Kuerten Marcelino, a ideia é melhorar o índice de aprendizagem dos alunos da rede municipal de ensino. “Um dos nossos focos é a melhora nos índices do IDEB e, também, dar suporte aos nossos professores, que terão na ferramenta uma nova maneira de inspirar os alunos na aprendizagem”, comentou.

Ainda conforme Beto, 90% dos alunos das escolas municipais de Braço do Norte têm acesso à internet. “Aqueles alunos que tenham dificuldades de acessar a internet não ficarão desamparados, poderão procurar a escola no seu contraturno e lá receberão o apoio necessário”.

Segundo a secretária de Educação, Desporto, Cultura e Turismo, Joana Silva Lessa, a plataforma contém surpresas que irão instigar alunos e professores. “Para se ter uma ideia, os alunos mais assíduos ganharão prêmios”, revelou.

Joana disse ainda que todos os alunos e professores participantes do projeto serão cadastrados na plataforma, ganharão login e senha e os professores serão habilitados para auxiliar os alunos na busca por esclarecimentos, além de terem um local especial com conteúdos exclusivos como lives motivacionais e capacitações.

Professores braçonortenses interessados em participar da plataforma poderão ter um incremento em sua renda de até R$ 900, tendo prioridade na seleção de contratação, visto que o Clube Aluno, por ser online, disponibiliza professores de todo o Brasil.

Para acessar a plataforma basta baixar o aplicativo ou acessar o site, que será direcionado para uma página especial para o Município. Os professores que farão o tira-dúvidas têm até 20 minutos para iniciar o atendimento, que será concluído apenas quando o aluno declarar que entendeu o conteúdo.

“Faremos durante o ano o acompanhamento do sistema. Acredito que teremos bons resultados. A plataforma é de fácil utilização, temos certeza que será um grande motivador para alunos, professores e, até mesmo, para os familiares que acompanham a vida dos estudantes”, encerrou.

Notícias Relacionadas

Covid-19: chega ao fim estado de emergência em saúde pública no Brasil

Segundo o governo, nenhuma política pública de saúde será interrompida

Homem de 57 anos é preso após tentar beijar menina de 11 anos à força, em Orleans

Fato ocorreu na Rua Aristiliano Ramos, na tarde deste sábado, dia 21.

Número de transplantes de rim caiu nos últimos dois anos

Sociedade Brasileira de Urologia lançou campanha para estimular doação

PM de Criciúma efetua apreensão de mais de 20 quilos de maconha

A droga foi localizada na noite do último sábado, dia 21