Saúde

Brasil chega a 400 mil mortos por Covid-19

Esse é o segundo maior saldo absoluto de mortos no mundo, superado apenas pelos Estados Unidos, que registra 574 mil mortes

Divulgação

O Brasil ultrapassou nesta quinta-feira (29) a marca de 400 mil mortes por Covid-19, 14 meses após a detecção da doença no Brasil e apenas 37 dias depois de registrar 300 mil óbitos.  

No início da tarde desta quinta, o consórcio de veículos de imprensa formado por Folha, O Estado de S. Paulo, O Globo, G1, Extra e UOL registraram 400.021 mortes no país, com mais de 14,5 milhões de casos desde fevereiro de 2020.  

Esse é o segundo maior saldo absoluto de mortos no mundo, superado apenas pelos Estados Unidos, que registra 574 mil mortes. No entanto, no país americano a pandemia já dá sinais de declínio.  

A marca dos primeiros 100 mil óbitos no Brasil foi atingida quase cinco meses depois da primeir a morte ser registrado no país. Dos 100 mil para os 200 mil, passaram-se outros 5 meses.

Abril é o mês que mais matou pessoas pela Covid-19: foram mais de 76 mil mortes em apenas 29 dias. Março, o mês anterior mais letal da pandemia, teve 66.868 mortes em 31 dias. Porém, para chegar aos 300 mil, foram necessários somente 76 dias, número que agora caiu quase pela metade.

Média de mortes no Brasil

Ao contrário do mês passado, quando a média de mortes estava com tendência de alta, no final de abril, a taxa está em queda, após vários estados terem adotado medidas mais duras de restrição em meio à segunda onda da Covid.

No entanto, o número diário de mortes continua alto: são mais de 2 mil vítimas diárias da Covid há mais de 40 dias, segundo informações do consórcio de veículos de imprensa. Essa é a maior média do mundo entre 9 de março e 25 de abril.

Com informações do G1 e Folhapress

Notícias Relacionadas

Colisão seguida de atropelamento mata motociclista na SC-100, em Balneário Rincão

O motociclista, de 48 anos, colidiu em um carro e, em seguida, foi atropelado por uma Van, cujo condutor estava embriagado.

Morador de Orleans, bicampeão mundial de Futsal Vini Capita lança livro

Em “Capitão de sua própria história”, o craque compartilha, além de sua trajetória, seus principais aprendizados.

Associação dos Haitianos de Criciúma reforça pedido de ajuda

Dois irmãos precisam retornar ao país de origem e para isso precisam de R$ 4 mil para arcar com despesas de passagem.

Mega-Sena acumula, e próximo concurso deve pagar R$ 40 milhões

Prêmio para acertadores de cinco dezenas fica em R$ 28,2 mil.