Esporte

Brasil encara Japão nas oitavas de final da Copa do Mundo de futsal

Seleção chega ao mata-mata após ter 100% de aproveitamento na 1ª fase

Divulgação

O Brasil conheceu nesta segunda-feira (20) o adversário nas oitavas de final da Copa do Mundo de futsal masculino, que é disputada na Lituânia. A seleção comandada por Marquinhos Xavier terá o Japão como rival nesta quinta-feira (23), às 14h (horário de Brasília), na cidade de Kaunas.

Na primeira fase, os brasileiros encerraram o Grupo D na liderança, com três vitórias em três jogos. No domingo (19), o escrete canarinho venceu o Panamá por 5 a 1, em Klaipeda. Os pivôs Rocha e Pito e os alas Arthur, Leozinho e Gadeia fizeram os gols do Brasil. Nas partidas anteriores, os triunfos foram por 9 a 1 sobre o Vietnã e 4 a 0 diante da República Tcheca.

Os japoneses se classificaram como um dos melhores terceiros colocados da primeira fase. A seleção asiática ocupou o terceiro posto do Grupo E, atrás de Espanha e Paraguai. Nesta segunda, o Japão foi derrotado por 2 a 1 pelos paraguaios, em confronto direto pelo segundo lugar. Antes, bateu Angola por 8 a 4 e perdeu dos espanhóis por 4 a 2.

“Pudemos observar os três jogos do Japão na primeira fase, sendo dois presencialmente. É uma equipe bastante qualificada, que procura manter a posse de bola, com um trabalho de passe mais rápido e envolvente. Conta com três brasileiros [o goleiro Higor Pires, o ala Rafael Henmi e o fixo Arthur Oliveira]. Vamos trabalhar a parte de análise em vídeo e transportar as informações aos atletas, para estarmos ainda mais preparados”, afirmou Rodrigo Carlet, analista de desempenho da seleção, à assessoria de imprensa da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Eliminado pelo Irã nas oitavas de final da última edição do torneio, o Brasil busca o sétimo título mundial na história, sendo o quinto desde que a competição passou a ser organizada pela Federação Internacional de Futebol (Fifa). A última conquista brasileira foi em 2012, na Tailândia. A Argentina é a atual campeã do mundo.

Com informações da Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Homem é assassinado na beira da praia, em Balneário Gaivota

Até o momento não há informações sobre idade e identidade da vítima

Coronavírus em SC: Matriz de Risco aponta 14 regiões no nível alto e três no moderado

As regiões em risco alto são Carbonífera, Extremo Oeste, Extremo Sul Catarinense, Foz do Rio Itajaí, Grande Florianópolis, Laguna, Médio Vale do Itajaí, Meio Oeste, Nordeste, Oeste, Planalto Norte, Serra Catarinsnse, Vale do Itapocu e Xanxerê

Garçons salvam banhista de afogamento em praia de Balneário Camboriú

Socorristas chegaram na sequência e continuaram protocolo de reanimação, que funcionou

Carro vai parar dentro do rio em SC minutos após sair de oficina

Apesar do prejuízo, ninguém ficou ferido com gravidade