Esporte

Brasil vence Rússia de virada no vôlei feminino e avança à semifinal das Olimpíadas

Atuação da catarinense Rosamaria Montibeller foi destaque na partida

Divulgação

A seleção brasileira feminina de vôlei venceu a equipe do Comitê Olímpico Russo (ROC) no jogo de quartas de final das Olimpíadas de Tóquio nesta quarta-feira (4). Com a vitória, o time conquistou uma vaga na semifinal e vai encarar a Coreia do Sul.

Após perder o primeiro set e começar o segundo atrás no placar, a seleção brasileira conseguiu virar o jogo e empatar o placar. No terceiro e quarto set, o Brasil dominou a partida e aproveitou os erros da Rússia para vencer a partida por 3 sets a 1.

A atuação da catarinense de Nova Trento, Rosamaria Montibeller, 27 anos, foi destaque na partida. A oposta/ponteira da seleção brasileira se destacaou com sua atitude enérgica ao entrar no momento crítico do segundo set e foi fundamental para a virada, ao lado de Macris.

— Olhando de fora eu tava observando as meninas pra ver o que precisava fazer. Então graças a Deus quando entrei, consegui me manter concentrada pra ganhar a partida — disse Rosamaria em entrevista à TV Globo.

O Brasil, que segue invicto na competição, vai enfrentar a Coreia do Sul em busca de uma vaga na grande final do vôlei feminino. Os dois times se enfrentaram no primeiro jogo das Olimpíadas, com vitória da equipe brasileira. A data da partida da semifinal ainda será definida.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Unibave presente na Sipat da empresa Plaszapel

Por meio do programa Geração Unibave, foram ofertadas palestras de “Educação Financeira” e “Dependência Química: álcool e outras drogas”.

Identificado o homem morto a facadas e com golpes de pedra na cabeça em Criciúma

A morte de Filipe da Silva Martinho está sob investigação da Polícia Civil.

Sucesso na primeira edição, Cicloturismo deve entrar no calendário de eventos de Morro da Fumaça

Aproximadamente 600 pessoas participaram do evento neste domingo

Projeto de Lei sobre Agricultura Familiar é apresentado para Epagri e agricultores em Criciúma

Objetivo do PL é ser uma política pública de Agroecologia e Produção Orgânica