Segurança

Caça ao motorista que matou policial de SC completa 35 horas

Polícia Militar tem mais de 70 agentes atuando nas buscas pelo autor do atropelamento que matou Alexandre Maciel

Divulgação

A procura pelo motorista responsável por atropelar e matar o policial militar rodoviário Alexandre Maciel se aproxima de completar 35 horas. O cabo trabalhava na SC-108, em Massaranduba, quando foi atingido por um foragido da Justiça. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu naquela mesma noite de domingo (24). Desde então, uma força-tarefa tenta encontrar o autor do atropelamento.

As buscas são por terra e ar, com apoio do helicóptero Águia da PM e o Bope. As informações apontavam nesta segunda-feira que o rapaz de 26 anos estaria escondido na mata ou em alguma casa na região onde aconteceu o acidente. Até o momento ninguém foi localizado.

As equipes formadas por cerca de 75 policiais trabalham dia e noite, sem prazo para parar. O suspeito é um foragido da Justiça que deixou o presídio de Blumenau em uma “saidinha” de feriado e não voltou. Ele abandonou o carro depois de atropelar Maciel e fugiu a pé por uma área de vegetação.

​Uma câmera flagrou o acidente, que aconteceu depois das 19h de domingo. Pelas imagens é possível observar que o carro vem em alta velocidade e nem sequer faz menção de desviar do policial. A vítima, por outro lado, até tenta correr para evitar o atropelamento, mas não consegue.

O cabo Alexandre Maciel tinha 40 anos e trabalhava no posto da Polícia Militar Rodoviária de Blumenau há 10 anos. Ele deixa esposa e dois filhos. O velório ocorreu no Crematório Neuhaus, no bairro Salto Norte, em Blumenau.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Homem é preso suspeito de tráfico de drogas em SC

A prisão do homem ocorreu na noite de sábado dia, 21, durante uma operação conjunta da Polícia Civil e Militar

Cinco suspeitos de tráfico de drogas são presos em SC

Prisões ocorreram por meio da "Operação Tarrafa" da Polícia Civil

SC monitora varíola do macaco após 90 casos confirmados em ao menos 12 países

Até o momento, não há registros de casos de varíola dos macacos no Brasil; vírus é semelhante ao da varíola humana, inclusive nos sintomas

Dívida de R$ 2 mil motivou tiros contra sargento da PM em SC

Policial Militar foi vítima de uma tentativa de homicídio na madrugada do último sábado (21); quatro suspeitos foram presos