Geral

Cachaça Imigrante, de Pedras Grandes, recebe Grande Medalha de Ouro no Concurso Mundial de Bruxelas

A Cachaça Imigrante Edição Especial, vencedora da premiação, permaneceu armazenada durante cinco anos em barril de carvalho americano.

Divulgação

A Cachaça Imigrante Edição Especial, produzida em Pedras Grandes, pela Cachaça Imigrante, recebeu a maior premiação internacional existente, a Grande Medalha de Ouro do Concurso Mundial de Bruxelas, realizado na Bélgica. A cachaça vencedora permaneceu armazenada durante cinco anos em barril de carvalho americano.

A competição ocorre anualmente e aponta o que é referência no mundo entre as bebidas destiladas. O evento contou com 100 jurados, sendo especialistas oriundos do mundo inteiro, e reuniu mais de 1,8 mil amostras de whisky, conhaque, brandy, rum, vodkas, gins, piscos, tequilas e cachaças. Apenas 30% das bebidas inscritas receberam as premiações divididas em: Grande Medalha de Ouro, Medalha de Ouro e Medalha de Prata.

O grupo de especialistas realizou as avaliações entre os dias 21 e 24 de outubro e o resultado foi anunciado no início de novembro. Para a seleção das melhores bebidas do planeta, é levada em conta a personalidade, além do paladar, do olfato e do visual.

Sobre Cachaça Imigrante – Há quase duas décadas, os descendentes italianos José e Celi Sorato uniram suas vontades, esforços, visões e valores a fim de empreender. Como consequência, ergueram o primeiro alambique da Cachaça do Imigrante em Ribeirão da Areia, distrito que divide os municípios de Urussanga e Pedras Grandes.

“É com satisfação e emoção que recebemos a notícia desta premiação, que é fruto de muito trabalho e dedicação de todos os envolvidos no processo de fabricação. Isso mostra a qualidade que a cachaça catarinense tem em nível mundial”, ressaltou o sócio-proprietário Ricardo Sorato.

Acompanhe a Cachaça Imigrante através das redes sociais: Instagram e Facebook.

Notícias Relacionadas

Fermentação e produção de cachaça pautam palestra em Siderópolis

Concurso literário premia detenta em Criciúma

Poema está entre os 50 vencedores do projeto "A Poesia Vai de Ônibus", da ACTU.

Coopermila vence o “Oscar das Cooperativas” pela quarta vez em Brasília

Cooperativa de Eletrificação de Lauro Müller conquistou o primeiro lugar no Índice ANEEL de Satisfação do Cliente - Prêmio IASC 2018, entre as permissionárias que atendem até 10 mil unidades consumidoras.

Sicredi é premiado na Conferência do Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito 2018

Instituição financeira cooperativa é reconhecida como uma das três maiores em crescimento em âmbito internacional.