Geral

Cachorro morre picado por cobra coral em quintal de casa em SC

Serpente também morreu; episódio aconteceu durante a madrugada desta quarta-feira (22), em Blumenau

Divulgação

Um cachorro morreu ao ser picado por uma cobra coral no quintal de uma casa em Blumenau. Quando a família percebeu, na manhã desta quarta-feira (22), o animal já estava sem vida ao lado da serpente venenosa, que também acabou morta. A espécie é tida pelos biólogos como a mais venenosa do Brasil.

O episódio aconteceu no bairro Testo Salto, conforme informações da jornalista Danubia de Souza, do portal Vale dos Pets. Durante a madrugada, o casal ouviu Negão, o cão de seis anos, latir, mas ignorou por ser algo corriqueiro. Quando levantou, por volta das 6h30min, deparou-se com a triste cena.

O tutor do animal, Cristiano Elias Bauer, conta que havia outro cachorro na propriedade, que não se feriu. Os dois estavam dentro do cercado.

— A Rua Arno Decker é pavimentada. Tem até uma vegetação, um mato próximo, mas nunca tinha visto isso ocorrer aqui na região. Mas esse ano parece que está acontecendo muito — avalia.

Está mesmo. Um levantamento feito pelos bombeiros militares a pedido do Santa mostrou que aumentou o número de serpentes capturadas na cidade neste ano em relação a 2020. A Micrurus corallinus, espécie mais venenosa do país, que matou o cachorro, já deu alguns sustos pelo Vale do Itajaí nos últimos meses; relembre.​

Para Cristiano, Negão enfrentou a invasora e foi picado. Antes de morrer, matou a coral. O veneno atinge o sistema nervoso central de animais deste porte em poucos minutos, o que praticamente impossibilita o salvamento deles em casos como esse.

Por que tantas cobras estão sendo encontradas?

O aparecimento de cobras em ambientes urbanos tem sido cada vez mais comum em Santa Catarina. Para biólogos, o calor e a urbanização próxima a áreas de mata são fatores que explicam o aumento no avistamento desses animais.

— A temperatura é um fator extremamente importante para as serpentes. Aumenta a temperatura e consequentemente a reprodução se intensifica e a procura por alimento também — explicou o biólogo e professor universitário Jackson Preuss.

Como evitar atrair animais peçonhentos

A palavra-chave é limpeza. Cobras e lagartos são atraídos por comida e pequenos animais, como roedores, que acabam surgindo em terrenos por conta de restos de alimentos jogados no quintal.

Entulhos com madeira também atraem cobras, que se escondem nesses locais. Quem mora perto de áreas de vegetação pode ter visitas inusitadas. O segredo é não entrar em pânico e seguir as orientações dos socorristas.

Com informações da Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Mãe de Bolsonaro morre aos 94 anos no interior de São Paulo

Olinda Bolsonaro estava internada no Hospital São João, em Registro, desde a última segunda-feira (17)

Caixa paga hoje Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 4

Valor mínimo para cada família é de R$ 400

Entenda por que está tão quente em Santa Catarina

Estado tem registrado temperaturas históricas neste início do ano, com temperaturas acima dos 40 ºC

Mulher leva mais de 20 facadas em São Ludgero; autor do crime fugiu

Um dos filhos da vítima afirmou que o homem chegou à residência a pé, entrou dentro da casa, esfaqueou a mãe e depois saiu correndo com a faca e, logo após, o possível autor fugiu do local com um veículo Fiat Uno de cor vermelha