Geral

Caixa libera saque do auxílio emergencial a 3,4 milhões de beneficiários nascidos em agosto

Nascidos em agosto podem resgatar ou transferir o valor que já havia sido depositado em conta digital, movimentada por aplicativo

Divulgação

A Caixa Econômica Federal liberou hoje (18) as operações de saques e transferências de parcelas do auxílio emergencial e auxílio emergencial extensão para 3,4 milhões de pessoas nascidas em agosto.

Esses beneficiários tiveram o dinheiro creditado na poupança social digital nos ciclos 5 e 6 de pagamentos do programa, no total de R$ 2,4 bilhões. Agora, quem ainda tiver recursos na conta poderá sacar nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui ou mesmo nas agências.

Para o saque em espécie, é preciso fazer o login no aplicativo Caixa Tem, selecionar a opção “saque sem cartão” e “gerar código de saque”. Depois, o trabalhador deve inserir a senha para visualizar o código de saque na tela do celular, com validade de uma hora. Esse código deve ser utilizado para a retirada do dinheiro.

Além disso, é possível movimentar ou transferir os recursos para contas em outros bancos por meio do aplicativo Caixa Tem. Com ele ainda é possível fazer compras na internet e nas maquininhas em diversos estabelecimentos comerciais, por meio do cartão de débito virtual e QR Code. O beneficiário também pode pagar boletos e contas, como água e telefone, pelo próprio aplicativo ou nas casas lotéricas.

O calendário do auxílio emergencial foi organizado em seis ciclos de crédito em conta poupança social digital e de saque em espécie, de acordo com o mês de nascimento. Em dezembro, a Caixa encerrou a etapa de pagamentos em conta. Já a liberação das operações de transferências e saques acontece até 27 de janeiro.

Com informações da Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Escola inclusiva: Centro Educacional Meta se torna a primeira escola bilíngue da região Sul de SC

O principal motivo para a implantação do ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras) no Meta é buscar a inclusão da comunidade surda na sociedade.

SES vai investigar casos de adolescentes que receberam vacina sem autorização

Segundo a SES, o recomendado é que os municípios, caso tenham utilizado vacina sem autorização, registrem como caso adverso por erro administrativo.

Braço do Norte em busca de mais recursos em Brasília

O prefeito em exercício de Braço do Norte, Ronaldo Fornazza, retorna de Brasília nesta quinta-feira, 16, com novidades para o Município.

Suspensão da vacina para adolescentes revolta gestores da saúde de SC

Secretários municipais falam em "picuinha" do ministro e apontam para a falta de dados técnicos para suspender a vacinação deste grupo.