Clima

Calor extremo em SC deve atingir pico máximo no Carnaval com temperaturas acima dos 40ºC

Temperaturas vão passar dos 35°C na região

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/SECOM

O auge do calor na Grande Florianópolis deve ser sentido no final de domingo (11) e início de segunda-feira (12) de Carnaval, quando as temperaturas ultrapassam os 35°C na região. Santa Catarina enfrenta uma onda de calor desde o início da semana provocada por um sistema de alta pressão.

Em nível estadual, as temperaturas na segunda-feira podem ultrapassar os 40°C, principalmente nos municípios do Oeste, que fazem fronteira com a Argentina.

Segundo o meteorologista Marcelo Martins, da Epagri/Ciram, a condição de calor extremo em Santa Catarina deve predominar durante todo o Carnaval. Na segunda-feira (5), conforme dados da Defesa Civil, Itapiranga, no Extremo Oeste do Estado, chegou a bater 41°C.

Entretanto, na terça-feira (13), a chuva volta a atingir Santa Catarina devido a uma frente fria que atua no Rio Grande do Sul, combinada com calor e umidade, informa a Defesa Civil.

Como se proteger do calor no Carnaval

Para amenizar os efeitos negativos das altas temperaturas, alguns cuidados são fundamentais, principalmente com a alta exposição ao sol nos blocos de Carnaval e na praia. Veja algumas dicas de como se proteger nesta onda de calor:

Hidratação

O principal cuidado é beber bastante água, mesmo antes de sentir sede, para manter o corpo hidratado. Além disso, a água também ajuda a manter a temperatura do corpo mais resfriada, reduzindo os riscos de uma insolação. A recomendação é ingerir entre dois e três litros de água em pequenas quantidades ao longo do dia.

Alimentação

Manter uma alimentação balanceada durante os dias mais quentes também ajuda a prevenir as consequências negativas do forte calor no organismo. Os alimentos pesados e muito gordurosos devem ser evitados, porque têm o processo de digestão mais lento e demandam mais energia do corpo.

Prática de exercícios físicos e exposição ao sol

A exposição ao sol deve ser evitada das 10h às 16h. Além do risco de desidratação, a radiação ultravioleta neste período é intensa, o que pode causar queimaduras na pele e até insolação. Os exercícios físicos não são recomendados durante o período mais quente do dia, devendo ser feitos bem cedo pela manhã ou no final da tarde, quando as temperaturas não são tão elevadas.

Com informações do NSC Total

Notícias Relacionadas

Ao celebrar 25 anos, Carbonífera Catarinense reafirma o compromisso com a comunidade

Trajetória da empresa foi marcada por conquistas e investimentos no desenvolvimento, saúde e segurança da equipe e em projetos sociais e ambientais.

Homens contratados por mulher suspeita de encomendar morte do marido em SC cavaram cova durante churrasco, diz polícia

Edinei da Maia foi encontrado morto enterrado, com as mãos amarradas, em Canelinha, quatro meses após desaparecer.

Bezerro é içado após cair em poço de 6 metros de profundidade em Florianópolis

Resgate ocorreu em uma propriedade no bairro Rio Vermelho. Animal foi entregue ao proprietário.

SC tem 1,1 mil aparelhos bloqueados com o Celular Seguro em seis meses

Serviço foi criado pelo Governo Federal e tem como objetivo inibir roubos de smartphones