Poder Legislativo

Câmara de Lauro Müller retoma sessões ordinárias

Divulgação

A noite desta segunda-feira (27) foi marcada pela volta das sessões ordinárias do Poder Legislativo de Müller, após a suspensão devido a pandemia do novo coronavírus. A última sessão foi realizada no dia 16 de março. Neste período os senhores Edis foram convocados pelo Poder Executivo para duas sessões extraordinárias.

As sessões continuam sem ter presença do público, evitando aglomerações, e sem o Grande Expediente, espaço em que os vereadores fazem uso da Tribuna. Na sessão desta segunda, sob a presidência do vereador Pedro Luiz Machado, os senhores Edis apreciaram onze proposições, sendo seis indicações, três requerimentos e duas moções.

Confira todos os assuntos debatidos:

Indicações

Nº 23/2020 do Vereador Pedro Luiz Machado, realizar estudos para a colocação de uma lombada física no entroncamento das Ruas Abel Rossi e a Pedro Raimundo. Justificativa: Neste local a alta velocidade por parte de alguns motoristas, têm deixado os moradores apreensivos e temerosos com a possibilidade de acidente.

Nº 24/2020 do Vereador Pedro Luiz Machado, Reformar ou substituir por um novo, o abrigo de passageiros em Itanema localizado no inicio da comunidade junto a Rodovia Municipal “Alvim Ceolin”. Justificativa: O abrigo la existente está danificado faltando um dos pés direitos da frente, eminente de acidente para trabalhadores e estudantes que daquele espaço se utilizam para aguardar a condução.

Nº 25/2020 da Vereadora Ema Hofmann Benedet, que sejam chamados os médicos especialistas aprovados no concurso público de 2016 para atuarem na rede municipal e contratar Clinico Geral, para atuar nas Unidades de Saúde. Justificativa: Nossos munícipes necessitam de médico ortopedista e a falta de profissionais, justifica a contratação de médicos para atuarem nos Postos de Saúde.

Nº 26/2020 da Vereadora Ema Hofmann Benedet, providenciar um local apropriado para alojar os animais de rua, dando-lhes liberdade, alimentação e assistência veterinária. Justificativa: Sabedores de que animais em situação de rua são potencias vetores na proliferação de zoonoses e em eventuais ataques colocam em risco as pessoas, pedimos que seja colocado a disposição um local mais apropriado, seguindo as determinações sanitárias e não junto aos trabalhadores da garagem, acorrentados e correndo o risco de serem atropelados por máquinas e caminhões. O objetivo é dar um pouco mais de dignidade a estes animais.

Nº 27/2020 do Vereador José Antonio De Bettio, reforma geral da ponte pênsil do bairro Sumaré, que dá acesso a Rod. SC 390.

Nº 28/2020 do Vereador José Antonio De Bettio, colocação de placas de transito, indicando de lombada, no trecho defronte a residência de “dona Marli”, na estrada geral de Rio Amaral Rádio.

Requerimentos

Nº 6/2020 dos Vereadores Pedro Luiz Machado, Anderson Antonio Bez Batti, Ema Hofmann Benedet, José Antonio De Bettio, José Cambruzzi, Luciano Leodato, Manoel Leandro Filho e Ronaldo da Silva, envio de ofício ao diretor do Escritório Local da Casan, Senhor José Nazareno Nazário, solicitando que informe a esta Casa, a quantidade de consumidores no mês de março de 2020, que consumiram água na faixa até oito mil litros; consumidores na faixa até dez mil litros, e consumidores na faixa acima de dez mil litros.

Nº 7/2020 do Vereador Ronaldo da Silva, envio de oficio ao Coordenador Regional Sul da Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Senhor Gustavo Taufemback solicitando informações acerca dos seguintes assuntos:
Como está análise do projeto do novo acesso da Rua Raul Dalsasso no Distrito de Barro Branco com a Rodovia SC 446, Km 4.800?
E a liberação para que o município possa construir uma calçada na mesma rodovia, no trecho entre trevo de acesso ao CTG “Serra do Rio do Rastro” e a Comunidade do Quilômetro Um.

Nº 8/2020 do Vereador Ronaldo da Silva, envio de ofício do Gerente Regional da CASAN Sul/Serra em Criciúma Senhor Gilberto Benedet Júnior, solicitando informações sobre o andamento das obras de ampliação da rede de água em Rio Amaral Primeiro e em Morro da Palha já solicitadas junto a esta gerencia regional. Justificativa: Com a baixa precipitação, essas comunidades estão sofrendo ainda mais com a falta d’agua e já não sabem mais a quem recorrer, aguardando tão somente a manifestação a cerca deste assunto desta conceituada Empresa (CASAN).

Moções

Nº 4/2020 da Vereadora Ema Hofmann Benedet, Moção de Pesar a família da Senhora Terezinha de Oliveira Machado, pelo falecimento de seu esposo Valdir Machado, ocorrido no dia 26 de abril de 2020, aos 56 anos. Valdir Machado foi um dos pioneiros no ramo de pousadas turísticas em nosso município e membro da Associação de Turismo de Lauro Müller.

Nº 5/2020 dos Vereadores Ronaldo da Silva e Anderson Antonio Bez Batti, Moção de Congratulações aos profissionais da saúde do município de Lauro Müller, da Rede de Assistência do SUS, da Secretaria de Saúde, do SAMU e da Fundação Hospitalar Henrique Lage; pelos trabalhos que vêm sendo desenvolvidos na ‘linha de frente’ em meio a pandemia do Coronavírus. Justificativa: Dia 07 de abril, comemoramos o Dia Mundial da Saúde. A homenagem aos profissionais da saúde se faz necessário devido aos incansáveis trabalhos no combate a pandemia da COVID-19, além dos serviços prestados diariamente a toda população. Em nome de todo o povo de Lauro Müller, nossas congratulações e nossos aplausos.

Ouça a seguir:

Notícias Relacionadas

Educação capacita gestores para retomada e anuncia apoio pedagógico presencial na rede estadual

Até o final de 2020, as atividades remotas continuam até o fechamento do calendário.

Coronavírus em SC: Comitê para retomada das aulas presenciais apresenta novos encaminhamentos e ferramenta de gestão

O terceiro encontro do grupo teve a apresentação de uma nova ferramenta e o acompanhamento das ações dos cinco grupos de trabalho responsáveis por elaborar os protocolos de medidas sanitárias

Em sessão do Congresso, Câmara mantém veto a reajuste de servidores

Medida abrange profissionais da saúde e da segurança pública

Projeto sobre porte de armas pode ser votado esta semana na Câmara

Atualmente, o porte só é permitido para as categorias descritas no Estatuto do Desarmamento, como militares das Forças Armadas, policiais e guardas prisionais.