Poder Legislativo

Câmara de Vereadores aprova dotação e garante financiamento de R$ 5 milhões para Cocal do Sul

Recursos serão destinados para a pavimentação de estradas pela cidade. Sessão foi marcada ainda por oito indicações e um requerimento.

Fotos: Adriano Ghellere/Sul in Foco

Já aprovada na Câmara de Vereadores, o projeto de lei que autoriza o Governo Municipal de Cocal do Sul a aderir a um financiamento de R$ 5 milhões para pavimentação, precisa de recursos de contrapartida. A liberação foi discutida e votada em sessão legislativa desta terça-feira (30).

Fotos: Adriano Ghellere/Sul in Foco

Houve questionamentos dos vereadores sobre quais comunidades seriam beneficiadas com as pavimentações. Érik Pereira Zeferino (PC do B) afirmou que não houve cumprimento de acordo por parte do Governo Municipal. “Eles (prefeitura) prometeram durante uma sessão extraordinária aos vereadores que iriam dividir os valores e destinar a pavimentação para as comunidades do interior. A alegação é a existência da usina de asfalto que irá suprir essas demandas. Se não aprovarmos, podemos ser responsabilizados pelo não desenvolvimento da cidade”, lembra.

“É um valor alto, mas que será diluído ao longo de 20 anos. Fiz algumas pesquisas e o juro é baixo. Não poderíamos perder esta oportunidade. A própria arrecadação do município irá aumentar e, está dívida não será sentida intensamente. Tudo o que for bom para a cidade, será aprovado”, defende o vereador Marcel Freitas (PSDB).

Fotos: Adriano Ghellere/Sul in Foco

Richardson Vieira (PDT) defendeu a aprovação de contrapartida de R$ 250 mil para a liberação dos R$ 4,7 milhões. “Hoje temos uma arrecadação de aproximadamente R$ 4,4 milhões por mês. O valor mensal pago para custear este financiamento é possível. Existem outras dívidas que foram quitadas e geraram renda para a nossa cidade” através dos investimentos proporcionados por elas”, relatou o vereador

Os recursos serão destinados para a pavimentação asfáltica de aproximadamente 2 km do trecho de estrada entre os bairros União e a comunidade de Linha Cabral, principal via da Área Industrial 2 e o trecho de estrada de chão, entre as comunidades de Linha Ferreira Pontes e Rio Perso (Linha Braço Cocal).

Já o vereador Adriano Possamai Della (PSDB) se absteve da votação. “Vou respeitar os votos de cada vereador. Não participei da votação e aprovação dos R$ 5 milhões, por isso vou me abster. Que ele (prefeito) cumpra o que acordou com os vereadores”, alertou.

O vereador Luiz Henrique de Bittencourt (PP) se mostrou favorável à aprovação dos recursos, porém lembrou da necessidade de investimento em outras áreas. “Se vermos em Cocal, temos somente pavimentação e mais pavimentação. A minha preocupação é quanto ao investimento também em outras áreas. A partir do próximo ano, temos que cobrar investimento em outras áreas do nosso município”, declarou.

Fotos: Adriano Ghellere/Sul in Foco

“Sou favorável e está contemplando mais áreas do interior. Nestes trechos, estão inclusas a instalação de calçadas com acessibilidade. Todos merecem. Sou favorável”, concorda a vereadora Giovana Galato Santa Rosa (PP).

Após a análise dos vereadores, a dotação foi aprovada pelos vereadores, com a abstenção do vereador Adriano.

Saúde, ruas e arborização

As oito indicações e um requerimento foram voltados à saúde, infraestrutura de ruas e a arborização de margem de rio durante a sessão.

O vereador Marcel solicitou junto ao Governo Municipal informações detalhadas sobre os agendamentos médicos nas Unidades de Saúde e as características dos atendimentos realizados. “Quero esses dados em mãos para encontrar uma solução e melhorar na área de saúde. Existem muitas reclamações, quanto a números disponíveis para consultas entre outros. Por exemplo, o Pronto Atendimento fica inoperante pela manhã”, alertou o vereador Marcel.

Agenor Benati Pedroso (PDT) indicou uma operação tapa-buracos em todas as ruas do bairro Jardim Elizabeth, em especial na Avenida Kleinubing. Temos diversas ruas com o pavimento cedendo. O problema é que pode até causar acidentes”, lembrou.

Fotos: Adriano Ghellere/Sul in Foco

Já a presidente Roseny Cittadin Barbosa, a Nega (MDB), solicitou o plantio de árvores nas margens de rios. “A Fundação do Meio Ambiente e a Secretaria de Educação poderiam elaborar um projeto de conscientização e apresentar aos estudantes. O plantio de árvores junto às margens dos rios evitaria a erosão, principalmente no bairro Jardim Elizabeth. No União, a mesma situação. Além de amenizar os problemas, embelezará a cidade”, defendeu.

“Estou reeditando este pedido. Onde foram colocadas as lajotas, não ficaram boas. A população está cada vez mais chateada pela indefinição na obra”, enfatiza o vereador Érik ao solicitar melhorias nas ruas com lajotas no bairro Brasília.

A vereadora Giovana solicitou atenção especial aos casos de obesidade infantil. “A Organização Mundial da Saúde – OMS indica que grande parte da população está acima do peso, em especial as crianças. Uma a cada três delas tem sobrepeso. Uma criança obesa se torna um adulto obeso”, lembra solicitando a instituição de políticas de combate à obesidade na cidade.

Notícias Relacionadas

Confira 7 sugestões de presentes tecnológicos e acessórios de celulares para o Natal

VEJA VÍDEO - Os produtos são bastante procurados pelos clientes e estão disponíveis na LC Celulares de Cocal do Sul e Urussanga.

Conselhos Municipais e fim de recesso parlamentar marcam sessão da Câmara de Vereadores de Cocal do Sul

Sessão desta terça-feira (10), contou ainda com a votação e aprovação de cinco indicações e três requerimentos de interesse da população sulcocalense.

Cocal do Sul assina convênio com Unibave para castração de 30 animais de rua por mês

O objetivo é controlar o crescimento populacional de cães e gatos

Dubai Residence surpreende ao ser entregue com seis meses de antecedência em Cocal do Sul

Construtora e incorporadora GALLIFONTANELLA prezou por requinte, qualidade e diferenciais únicos na construção do novo empreendimento. Inauguração ocorreu nesta sexta-feira (14)