Geral

Câmara dos Deputados conclui votação, em 1º turno, da PEC Emergencial

Divulgação

O plenário da Câmara dos Deputados concluiu, no início da madrugada desta quinta-feira (11), a votação, em primeiro turno, da Proposta de Emenda à Constituição 186/19, chamada de PEC Emergencial, que permite ao governo federal pagar um auxílio emergencial este ano com R$ 44 bilhões por fora do teto de gastos.

A PEC determina também maior rigidez na aplicação de medidas de contenção fiscal, controle de despesas com pessoal e redução de incentivos tributários.

Ao fim da sessão, o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), convocou sessão extraordinária para as 10h de hoje a fim de votar a proposta em segundo turno.

Texto base

Na madrugada dessa quarta-feira (10) por 341 votos a favor, 121 votos contrários e 10 abstenções, o texto-base da PEC Emergencial já havia sido aprovado, restando analisar e votar dez destaques apresentados ao texto.

Com informações da Agência Câmara

Notícias Relacionadas

Administração Municipal de Orleans envia projeto de aumento aos servidores para votação na Câmara

Proposta do executivo é de aumento de 5,07% e mais 20% no vale-alimentação

Congresso deve derrubar veto e reincluir pequenos negócios no Simples Nacional

O projeto permitiu que 470 mil micro e pequenas empresas retornassem ao programa após aderirem ao refinanciamento dos débitos tributários. O texto foi vetado pelo presidente Temer em agosto deste ano.

Câmara de Vereadores sugere aulas para jovens e adultos sem estudos em Cocal do Sul

Outras três indicações foram votadas e aprovadas. Na próxima segunda (22), tem sessão extraordinária para votação das diretrizes da Lei Orçamentária de 2019.

Sessão da Câmara de Vereadores é marcada por aprovação de projetos, indicações e posse em Cocal do Sul

Por 15 dias, o suplente José Ricardo de Aguiar (PP), o Barroso, assume o lugar da vereadora Giovana Galato Santa Rosa (PP).