Geral

Campanha do Agasalho Animal em Tubarão: pedido é por casinhas, roupas e cobertores

A queda de temperatura também afeta os animais de rua, que além de não terem lares, sofrem com muito com o frio.

Foto: Alice Goulart Estevão/Notisul

Foto: Alice Goulart Estevão/Notisul

Não é novidade o descaso com os animais de rua. Em cada esquina é possível localizar um bichinho, às vezes sozinho, ou em grupo. Só no Brasil, a Organização Mundial da Saúde – OMS estima que são 30 milhões abandonados. Com a queda das temperaturas, todos sofrem com o frio, e eles não são exceção.

Essa ideia inspirou a criação da Campanha do Agasalho Animal em Tubarão. A ideia é simples e parecida com as ações realizadas para as pessoas: quem tiver cobertor, roupa canina, casinha ou cama pode doar nos pontos de arrecadação.

“Eu já tinha essa ideia há um tempo, só que nunca tinha visto em Tubarão, mesmo já observado em outras cidades. Decidi divulgar o que eu fazia e de forma mais organizada, até para conscientizar as pessoas sobre a importância da proteção aos animais”, explica a idealizadora da campanha e estudante de direito, Fernanda Maciel.

Conforme as doações chegarem, a distribuição será realizada. Alguns cães já foram identificados e receberão os benefícios da campanha de Fernanda e de mais três voluntários. “A prioridade são casas e cobertores porque elas servirão no verão também, além de proteger da chuva”, almeja.

As doações na Cidade Azul podem ser deixadas na Papelaria Moranguinho, na rua Padre Bernardo Freuser, 128, Centro, na SOS Celulares, na rua Altamiro Guimarães, 1023, bairro Oficinas, e na Plantar Agropecuária, na avenida Patrício Lima, 658, bairro Humaitá. O prazo é até dia 27 do próximo mês.

Para outras informações, acesse a fan page “Campanha do Agasalho Animal” ou envie e-mail para [email protected]

Casinhas serão instaladas

Os animais de rua de Orleans também contarão com casinhas ecológicas para se protegerem do frio. A iniciativa é do grupo de voluntários e parceiros da ONG Dog Lovers, e iniciará no próximo mês. O primeiro pedido será de 35 casinhas, cada unidade custa R$ 115,00 e serão fixadas para evitar a ação de vândalos ou ladrões.

A limpeza e manutenção serão realizadas por voluntários. “Nós até tentamos achar um lar por meio das adoções, mas nem sempre é possível. Sabemos o quanto os animais sofrem com o frio, que deve ser ainda mais intenso, por isso queremos que esta ideia seja realidade em Orleans”, pretende a presidente da ONG, Patrícia Dorigon. Os interessados em contribuir e, principalmente apadrinhar uma casinha, podem manter contato por meio do telefone (48) 9981-5876 ou via e-mail [email protected]

Gripe também afeta os cães

A gripe canina é causada pelo vírus da gripe A, e assim como nos humanos é transmitido por meio de tosse ou espirro. É altamente contagiosa. Os sintomas, como corrimento nasal, olhos lacrimejantes e fraqueza, parecem dentro de dois a cinco dias a partir da exposição inicial ao vírus. A recuperação demora algumas semanas, com exceção dos filhotes, cães debilitados ou idosos, onde o sistema imunológico é fraco.

Com informações do Jornal Notisul