Saúde

Campanha é realizada em prol de jovem que ficou paraplégico após acidente de trabalho

Campanha é realizada em prol de jovem que ficou paraplégico após grave acidente de trabalho

Foto: Arquivo pessoal

Um grave acidente de trabalho, no dia 24 de fevereiro de 2011, mudou por completo a vida do jovem Thiago Merencio, de Meleiro, com 19 anos na época. Ele trabalhava em metalúrgica na cidade quando uma tonelada de ferro caiu em cima de dele, fraturando a coluna e as costelas e lesionando o pulmão.

No Hospital Regional de Araranguá, começou a batalha pela vida. “Após me examinar, uma médica chamou minha mãe e disse ‘seu filho dificilmente vai aguentar e, se resistir, viverá em cima de uma cama’. Após tal avaliação, fui transferido para o Hospital São José, de Criciúma, fiz diversos exames e foi comprovada a fratura na coluna. Recebi a notícia que não voltaria mais andar, apenas um milagre reverteria o caso”, relembrou.

No dia 1º de março, fez a cirurgia. Após 13 dias internado, voltou para casa. “Foi quando começou minha nova vida. Eu dependia tudo dos outros. Minha fisioterapeuta conseguiu uma vaga para mim no Hospital Sarah, em Minas Gerais. No começo de novembro, eu e minha mãe fomos para Belo Horizonte. Lá, fiquei 40 dias internado, fazendo reabilitação. Foi lá que eu nasci de novo, aprendi a viver em cima de uma cadeira de rodas. Então minha vida começou a ganhar um novo sentido, era a luz que faltava para guiar meus passos”.

Ele conta ainda que, nestes dias que ficou internado, tentou mexer minha perna direita. Para a surpresa dele, notou um curto movimento. “Chamei a fisioterapeuta e falei para ela. Tentei ficar em pé com ajuda de uma órtese e consegui dar um pequeno passo. Depois, outro passo e, assim, fui conseguindo andar alguns metros nas barras de marcha. Dias antes do Natal, voltei para Santa Catarina. Em junho de 2012, voltei para o Hospital Sarah e comecei a andar no andador”, contou.

Segundo Thiago, com muita força de vontade, já conseguia andar no terreno de casa. Porém, no fim de 2012, a vida dele deu uma nova reviravolta. “Exatamente dia 26 ou 28 de novembro, recebi a notícia de que meu irmão, Daniel Merencio, estava com Leucemia. Meu mundo desabou. Meu irmão me ajudava em tudo, morava em frente a minha casa e dirigia pra mim, me ajudava na fisioterapia. Enfim o contato era diário. Minha família sempre me ajudou, principalmente meus pais, meus irmãos e meus tios. Ele não resistiu e faleceu dia 24 de dezembro de 2012, na véspera do Natal. Ficar sem andar não é nada comparado à perda do meu irmão”.

Com dificuldade para vencer mais um obstáculo, entrou em depressão e não conseguiu mais ficar mais em pé, resistindo, inclusive, à fisioterapia. Como um guerreiro que é, voltou a dar a volta por cima e planeja mudar de vida. “Com o tempo, eu me fiz de forte para não fazer minha mãe sofrer ainda mais, mas meu luto por dentro era e é ainda muito forte. Fiquei assim até julho de 2016, quando prometi a mim e ao meu irmão que eu iria vencer. Então, procurei o Centro Catarinense de Reabilitação CCR e voltei a cuidar de mim, voltei e ver a vida com mais esperança. Quero muito vencer na vida de novo, voltar a estudar”, almeja.

Para isso, conforme o jovem, se faz necessário um carro automático. “Não tenho condições de comprar um. Mesmo usado, é difícil. Preciso me locomover para cidades vizinhas, pois minha cidade tem entre 7 e 8 mil habitantes. Preciso voltar estudar, fazer fisioterapia. Meu pai é cego de uma visão e não tem como dirigir pra mim. Qualquer ajuda é bem-vinda. Este ano eu praticamente não saí de casa, pois não tenho como dirigir. Com essa vakinha, vou comprar um carro automático, adaptar e poderei fazer tudo que pretendo para minha vida. Por isso, peço ajuda de coração, que Deus abençoe a todos”.

Os interessados em contribuir, podem realizar doações por meio da Vakinha Online. É possível entrar em contato com Thiago pelo telefone (48) 99174-1846 ou pelo perfil dele no Facebook.

Notícias Relacionadas

Casa de Repouso Bom Jesus inaugura oficina recreativa, em Criciúma

Campanha Natal Jovem Solidário de Orleans distribui mais de 500 brinquedos e meia tonelada de alimentos

Ação promovida pelo Setor de Juventude da Paróquia Santa Otília finalizou no domingo (23) com a entrega das doações pelos voluntários.

Terceira fase da campanha de vacinação contra influenza inicia nesta segunda-feira

Criciúma terá ponto estratégico para moradores da região central no início da nova fase

Mercado Solidário ultrapassa expectativas e arrecada mais de 10 toneladas

Com este resultado, as doações arrecadadas ao longo de todas as edições chegam as 37,1 toneladas.