Geral

Campanha Papai Noel dos Correios já iniciou em Orleans

Na agência de Orleans, é possível adotar uma cartinha até o dia 06 de dezembro.

Divulgação

Uma das campanhas de solidariedade mais aguardadas do ano, o Papai Noel dos Correios, já iniciou em Santa Catarina. Na agência de Orleans, é possível adotar uma cartinha até o dia 06 de dezembro.

A gerente da agência dos Correios de Orleans, Fabiani Cucolotto, explica que após a adoção, o presente deve ser entregue na agência, que organizará a logística de direcionamento. A entrega direta para as crianças não é permitida. Além disso, os Correios recebem apenas as cartas de alunos de escolas cadastradas na iniciativa. “As cartas escritas individualmente para o Papai Noel e postadas na agência, ou seja, aquelas que não são de escolas cadastradas, não entram nessa campanha”, detalha.

A agência dos Correios de Orleans fica na Rua VX de Novembro, no Centro da cidade, com funcionamento de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, sem fechar ao meio dia.

Ação natalina completa 30 anos

Em 2019, a maior ação de responsabilidade social dos Correios completa 30 anos de existência. Ao longo dessas três décadas, a campanha conseguiu atender ao pedido de mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

A campanha Papai Noel dos Correios nasceu pela iniciativa de alguns empregados que, durante a rotina de trabalho, recebiam cartinhas escritas por crianças destinadas ao Papai Noel, mas sem endereço. Sensibilizados, alguns deles resolveram adotar as cartinhas e enviar os primeiros presentes. Com o passar do tempo, a ação foi ganhando proporção na empresa e acabou se transformando em um projeto corporativo dos Correios.

Funcionamento da campanha

Na campanha, a empresa recebe as cartinhas de crianças que enviaram seus pedidos diretamente ao Papai Noel e, também, de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do Ensino Fundamental) e de instituições parceiras, tais como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias com as Secretarias de Educação, a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

A adoção das cartinhas é feita da mesma maneira em todo o Brasil: os pedidos das crianças são enviados aos Correios pelas escolas, lidos, selecionados e disponibilizados para adoção nas agências participantes da campanha. Os Correios não distribuem cartas para adoção diretamente à população, em suas residências. As cartinhas do Papai Noel dos Correios ficam disponíveis apenas nos locais indicados no blog da campanha. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.

Quem contribui com a campanha entrega o presente na própria agência em que adotou a carta. Os Correios se responsabilizam pelo envio posterior dos presentes para as escolas. Não é permitida a entrega direta do presente e, para assegurar a observância desse critério, o endereço da criança nunca é divulgado ou informado ao padrinho.

Colaboração: Comunicação/Stéphanie Piava Pizzolatti

Notícias Relacionadas

Natal dos Sonhos de Orleans promete novidades neste domingo

A partir das 20 horas, acontece o segundo desfile com muitas novidades. São mais de 400 personagens e novas atrações em um espetáculo que reúne família, amigos de todas as idades e diferentes cidades.

Terceira fase da campanha de vacinação contra influenza inicia nesta segunda-feira

Criciúma terá ponto estratégico para moradores da região central no início da nova fase

Campanha “Compre de Orleans” será lançada neste sábado na Praça Celso Ramos

Campanha Natal Jovem Solidário de Orleans distribui mais de 500 brinquedos e meia tonelada de alimentos

Ação promovida pelo Setor de Juventude da Paróquia Santa Otília finalizou no domingo (23) com a entrega das doações pelos voluntários.