Geral

Cânions do Sul é indicado a Geoparque Mundial da Unesco

A diretoria do Consórcio Intermunicipal Caminhos dos Cânions do Sul recebeu nesta segunda-feira, 13, a informação de que o Geoparque foi indicado para endosso como Geoparque Mundial da Unesco.

Divulgação

Em sua sexta reunião estatutária, realizada online entre os dias 8 e 11 de dezembro, o Conselho Global de Geoparques da UNESCO avaliou 18 novas solicitações de geoparques globais da UNESCO (apresentadas em 2019 e 2020). Como resultado desse exame minucioso e na presença de mais de 50 observadores e representantes de mais de 30 Estados Membros, o Conselho Global de Geoparques da UNESCO propôs encaminhar a indicação de 8 novos geoparques globais da UNESCO ao Conselho Executivo da UNESCO, para seu endosso durante a sessão de primavera que será realizada em 2022. O Geoparque Aspirante Caminhos dos Cânions do Sul está entre os Geoparques indicados. Também faz parte desta lista o Geoparque Seridó, do Rio Grande do Norte.

Isso significa que o relatório produzido a partir da visita dos avaliadores à região foi aprovado e que o Geoparque Cânions do Sul cumpre os requisitos para integrar a Rede Global de Geoparques de acordo com as diretrizes da UNESCO. A diretoria do Consórcio aguarda agora o endosso que confere a chancela.

Se o Conselho Executivo da UNESCO endossar o resultado do Conselho durante sua sessão da primavera, a designação desses novos locais eleva o número total de locais da Rede Global de Geoparques da UNESCO de 168 para 177, em 46 países.

Os geoparques globais da UNESCO são áreas geográficas únicas e unificadas, onde locais e paisagens de importância geológica internacional são gerenciados com um conceito holístico de proteção, educação e desenvolvimento sustentável. Eles aplicam uma abordagem de baixo para cima, combinando conservação com desenvolvimento sustentável e envolvendo as comunidades locais.

O reconhecimento classifica a região como um destino de interesse internacional, inserindo os Cânions do Sul na Rede Mundial de Geoparques (Global Geoparks Network), e destaca o território como o segundo geoparque brasileiro.

O Geoparque Cânions do Sul apresenta área total de 2.830 km2 e cerca de 74 mil habitantes. Fazem parte, os municípios de Cambará do Sul, Mampituba e Torres, no Rio Grande do Sul; e Praia Grande, Jacinto Machado, Morro Grande e Timbé do Sul, em Santa Catarina.

Notícias Relacionadas

Saúde lança nova versão da caderneta de saúde para crianças

Novo modelo será enviado aos estados e municipios até março

Cachoeira é interditada por tempo indeterminado após queda que matou jovem em SC

Leticia Silva Budal, de 20 anos, morreu após cair aproximadamente 50 metros dentro da cachoeira

SC tem 20 vezes mais pacientes em tratamento contra Covid do que no Natal

Em 25 de dezembro, estado tinha 1.987 casos ativos contra 45.915 de sexta-feira. SC enfrenta filas nos postos de saúde e unidades fechadas por causa do afastamento de profissionais da área.

Um ano de vacinação contra Covid-19 com início da imunização de crianças

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos é a forma que SC celebra data