Geral

Cão resgatado no réveillon de SC ganha nome e casal fala em “missão divina”

Apelidado de Caramelo, o cachorro foi encontrado em uma rua movimentada da cidade tremendo por conta dos fogos de artifício

Divulgação

Ana Beatriz Aquino, 24 anos, e o noivo dela, Renan Costa, 31, trocaram a badalada festa de réveillon em Balneário Camboriú para cuidar de um cachorro que se assustou com os fogos de artíficio. O casal do Paraná relata que passou seis horas ao lado do cãozinho, apelidado de Caramelo. Para eles, 2022 começou com “uma missão divina”.

— Ele tremia muito e chorava, visivelmente com medo — conta a zootecnista Ana Beatriz.

Durante os fogos, o animal ficou enrolado em uma toalha e recebeu amparo da turista no banheiro do hotel onde o casal estava hospedado.

— Foi um misto de sensações, ficamos desesperados, felizes por poder amenizar a situação, gratos e, por fim, aliviados. Fomos para o hotel com a sensação de dever cumprido com o Caramelo. Ganhamos a melhor virada de ano, graças a ele. Acredito que nosso 2022 começou com uma missão divina — relatou Ana Beatriz.

Eles ficaram das 23h30 de sexta (31) até por volta das 5h45 de sábado (1º) acalmando o cachorro.

Após acalmar o animal, o casal tentou localizar o tutor com o auxílio da Polícia Militar. Enquanto aguardavam, a zootecnista disse que procurou organizações não governamentais que tratam sobre animais para localizar os possíveis tutores do cão, mas não conseguiu contato.

O casal voltou para a frente do hotel ao amanhecer. Foi quando uma funcionária do estabelecimento indicou que Ana fosse conversar com algumas pessoas em uma rua próxima. Ao contar a história, um homem identificado por ela como Douglas, disse que ficaria com o animal temporariamente.

— Ele [o homem que ajudou o casal] foi um anjo. Tudo que sei é que a mulher dele trabalha num petshop e que ele nos prometeu cuidar do cãozinho. Isso nos confortou, pois tivemos a certeza de que Caramelo reencontraria a família ou ganharia uma nova, longe dos perigos das ruas, dos carros e motos em alta velocidade — disse a zootecnista Ana Beatriz.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Ex-prefeito de Criciúma é preso após perseguição policial

Márcio Burigo, posteriormente identificado, desobedeceu a ordem legal dos policiais e se evadiu por cerca de dois quilômetros

Filezão: diversos celulares são furtados durante o evento; organizador é notificado por conta da aglomeração

O evento reuniu milhares de pessoas.

Rayssa Leal e Lucas Rabelo são os campeões da etapa de Criciúma do STU National

Maranhense e cearense largam na frente no circuito brasileiro 2022, iniciando o ano como terminaram 2021: com título

Três mulheres ficam feridas em acidente no centro de Cocal do Sul

O acidente aconteceu na rua Edson Gaidzinski