Geral

Carlos Moisés exonera 82 nomes do governo de Daniela Reinehr

No total, há gestores do primeiro, segundo e terceiro escalão do governo.

Divulgação

No mesmo dia em que reassumiu como governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva assinou a exoneração de pelo menos 82 servidores comissionados pelo governo interino de Daniela Reinehr. No total, há gestores do primeiro, segundo e terceiro escalão do governo.

Os principais nomes exonerados por Moisés são da ex-secretária de Saúde, Carmen Zanotto, além dos ex-secretários Gerson Schwerdt (Casa Civil), Leodegar Tiscoski (Infraestrutura e Mobilidade), Ana Cristina Blasi (Administração), Ricardo de Gouvêa (Desenvolvimento Econômico), Rogério Macanhão (Fazenda), Alessandro Marques (Casa Militar), Miguel Bertolini (Secretaria-Executiva de Comunicação), e Jorge Davi da Silva (Articulação Nacional).

Também saíram dos cargos Luiz Dagoberto Brião (procurador-geral do Estado), Alexandre Waltrick Rates (Defesa Civil), Eduardo Loch (presidente da Santur), e Dolores Tomaselli (Fundação Catarinense de Cultura).

Além destes, foram exonerados ainda assessores do gabinete de Daniela Reinehr, gerentes regionais, coordenadores e diretores de estruturas menores do governo, todos nomeados nos últimos 30 dias. As publicações estão no Diário Oficial desta sexta-feira (7).

No mesmo ato, Moisés nomeou os novos ocupantes das pastas. A maioria da equipe ocupava o governo quando ele foi afastado.

Assumem:

Eron Giordani (Casa Civil)

Jorge Eduardo Tasca (Administração)

André Motta Ribeiro (Saúde)

Paulo Eli (Fazenda)

Thiago Augusto Vieira (Infraestrutura e Mobilidade)

Luciano Buligon (Desenvolvimento Econômico)

Alisson de Bom de Souza (Procuradoria-Geral do Estado)

André Alves (Casa Militar)

João Cavalazzi (Secretaria-Executiva de Comunicação)

Lucas Esmeraldino (Secretaria-Executiva de Articulação Nacional)

David Busarello (Defesa Civil)

Marcio Ferreira (Chefia de Gabinete do Executivo)

Leandro ‘Mané’ Ferrari (Santur)

Edson Lemos (FCC)

Daniel Netto Cândido (Secretaria-Adjunta de Desenvolvimento Social)

Juliano Chiodelli (Secretaria-Adjunta da Casa Civil)

Com informações do RCN Online

Notícias Relacionadas

Fapesc investe R$ 1 milhão em novos estudos para produção de vinho e uva em SC

A produção de uvas e vinho abrange ainda uma área de cultivo de cerca de 6 mil hectares em diferentes regiões. Só de vinícolas, são 95 empresas registradas no Estado

Profissionais da Assistência Social passam por minicurso sobre abordagem antirracista em Criciúma

Palestra foi ministrada por três profissionais da área da Educação e Direito e ocorreu no Salão Ouro Negro

24 horas: Um sonho de 30 anos realizado em Cocal do Sul

A inauguração será neste domingo (26), às 18h, no dia do aniversário de 30 anos de Cocal do Sul

Edital Cultura Criciúma contemplará 30 projetos com R$ 133 mil

Inscrições podem ser feitas até o dia 22 de outubro. Objetivo é incentivar atividades culturais na cidade