Poderes Municipais

Carnês de IPTU estão disponíveis para contribuintes de Orleans

O pagamento à vista terá 30% de desconto. A prefeitura apresentou o planejamento dos recursos para o ano de 2019

Foto: Letícia de Oliveira/Sul In Foco

O prefeito de Orleans, Jorge Luiz Koch, ao lado do vice-prefeito, Mário Coan, e dos secretários municipais lançou o IPTU 2019. A apresentação do imposto anual ocorreu no Paço Municipal, às 8h desta quinta-feira (18).

O prefeito Koch informou que a maioria dos carnês serão entregues nas casas dos contribuintes, mas quem não receber deve se dirigir até a prefeitura e retirar o seu. A partir da próxima segunda-feira (22), a prefeitura atenderá todos os dias das 8h às 18h, sem fechar ao meio-dia.

O pagamento à vista do carnê de IPTU terá 30% de desconto se for pago até o dia 15 de maio. Após essa data, o imposto poderá ser quitado em quatro vezes sem o desconto, tendo a primeira parcela com vencimento para dia 30 de maio.

O prefeito Jorge Koch destacou que Orleans é uma das poucas cidades da região em que os contribuintes pagam o IPTU em cota única. “Estamos no terceiro ano de administração e lembro que no primeiro e segundo ano tivemos uma taxa de 80% à 82% de pagamento do contribuinte. Apenas 18% a 20% não consegue pagar em dia, porque está desempregado ou porque alguém da família ficou doente. Temos muito que agradecer a população que realmente contribui anualmente com quase 82% de pagamento à vista do nosso imposto. Talvez Orleans seja a cidade da Amrec e da Amurel que tem o maior pagamento à vista do IPTU. O dinheiro que entra é bem aplicado e pensamos duas vezes onde gastar esse dinheiro”, afirma o prefeito.

Valores do IPTU

Todos os 9600 contribuintes podem notar o aumento de 3,43 por cento no valor do IPTU 2019. O prefeito Jorge Koch destacou que esse valor é referente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Além desse aumento, cerca de 988 unidades tiveram acréscimo no valor do imposto. O prefeito explica que o valor foi calculado após um recadastramento das unidades feita por uma empresa contratada pela prefeitura. “Tem uma leva de quase mil carnês que foram lançados com um valor a mais. Esses foram contribuintes que ao longo do ano passado acabaram construindo uma casa e não cadastraram na prefeitura. Se eles tinham uma unidade, eles aumentaram construindo anexos na residência, como garagens, e isso não foi comunicado a prefeitura. Assim, a prefeitura contratou uma empresa para fazer o recadastramento de todas as unidades. Nós constatamos que 988 unidades tinham algum lançamento no local físico e não na prefeitura. Então essas unidades poderão ter um aumento maior do IPTU”, explica Koch.

O prefeito ainda ressaltou que o reajuste dos valores dessas unidades é uma forma de “justiça de contribuição”. “É pagar todos iguais, tanto aqueles que pagam uma vida inteira o que tinham no terreno físico e esses que não tinham e construíram”, afirma.

Foto: Letícia de Oliveira/Sul In Foco

Saúde e Educação serão beneficiados com as contribuições do IPTU

Durante a apresentação do imposto anual, o vice-prefeito, Mário Coan, explicou como serão distribuídos os valores de arrecadação em cada área do município. O valor de arrecadação total do IPTU, descontando as taxas de conservação das ruas (R$ 164.003,29), de limpeza pública (R$ 62.457,50), coleta de lixo (R$ 749.521,59) e Cosip (R$ 138.099,66), será de R$ 3.926.702,99.

O vice-prefeito destacou que dos R$ 3,9 milhões serão destinados 30,52% para a educação, totalizando um valor de R$ 1.198.429,75. Para a saúde será investido 23,98% da arrecadação de IPTU, sendo um total de R$ 941.623,38.

O prefeito destacou que o planejamento é construir novos centros de educação infantil. “A nossa meta esse ano, além de construir a creche Flávio Bussolo, no bairro Coloninha, é construir dois centros educacional de tamanho médio para grande. Então grande parte desse recurso do IPTU será investido na construção de uma creche e de um centro educacional. Estamos precisando urgentemente de centro educacionais”, explica Jorge Koch.

Após os investimentos em saúde e educação, sobrará ao município o valor de R$ 1.198.429,75 para outras áreas. “Pensamos na construção de um posto de saúde, a aquisição de terra para a Indústria que Orleans ainda não tem. Com o tempo nós vamos conversar com o grupo gestor, com os vereadores, com a população para saber onde investir esse dinheiro”, comenta o prefeito.

Investimentos em 2018

O vice-prefeito, Mário Coan, ainda apresentou algumas ações da prefeitura no último ano. Entre elas, bolsas de estudo para cursos superiores, repasse ao Projeto Proarte, transporte para acadêmicos de cursos superiores, reforma de escolas com obtenção de Datashow, computadores e outros equipamentos. Na área de obras, foram adquiridos maquinários, pavimentação em algumas ruas, além das reformas de pontes e a drenagem da área urbana e rural. A prefeitura também fez repasses para o Hospital Santa Otília e pagou precatórios de gestões anteriores.

Notícias Relacionadas

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Câmera registra momento em que jovem colide moto contra árvore em Orleans; VEJA VÍDEO

Adolescente de 17 anos continua internado em estado grave.

Comodidade e economia: empresa de Orleans oferece serviço “delivery” no comércio de baterias

Há 46 anos, VR Baterias atende toda linha automotiva, agrícola e de transporte de cargas com economia de até 30% na compra de baterias Helux, marca própria.