Segurança

Carro com bebê é apedrejado em manifestação na BR-101, em Imbituba

Foto: Divulgação / PRF

Na tarde desta terça-feira (29), na BR-101, em Imbituba, um Honda/City de Florianópolis com uma criança de 1 ano no banco de trás foi apedrejado em manifestação dos transportadores de carga.

O veículo, ocupado por um casal com a filha, havia saído de Florianópolis e rumava para Içara, onde compareceriam a um velório.

Ao passarem no trevo de acesso ao bairro Nova Brasília em Imbituba, em virtude de bloqueio na pista principal, tiveram que desviar pela via marginal, onde foram obrigados a parar. Eles explicaram que estavam indo para um enterro e solicitaram aos manifestantes que os deixasse passar, o que foi atendido inicialmente.

Poucos metros à frente, um segundo grupo começou a ameaçá-los, assustando a criança. O condutor tentou sair do local e o automóvel foi apedrejado e alvejado por diversos outros objetos.

Uma das pedras atingiu o para-brisa do carro na altura da cabeça da caroneira e o vidro traseiro foi perfurado por uma segunda pedra, que quase atingiu a bebê, que se encontrava no banco de trás do Honda.

Este não é o primeiro caso de agressão e apedrejamento relatado no local, havendo a denúncia, somente no dia de hoje, de um episódio semelhante de vandalização a outro veículo com criança, extorsão de motoristas de carros e agressão à ocupante de uma minivan, além do apedrejamento de um comboio de caminhões.

A PRF continuará atuando junto às manifestações, primando pelo diálogo, mas usando de todos os seus recursos para a manutenção da ordem pública e segurança dos usuários.

Colaboração: Comunicação PRF

Notícias Relacionadas

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Morador de Lauro Müller é baleado durante assalto a ônibus de comerciantes na BR-101; Veja vídeos

PRF prende foragido do sistema penal do RS com CNH falsa em Tubarão, na BR-101

Ele foi preso e encaminhado para a Polícia Federal de Criciúma.

Estacionamento e obra parada são alvos de protesto em Laguna