Geral

Cartilha interativa traz dados sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável

Iniciativa envolveu Bairro da Juventude, UniSatc, Fapesc e Movimento Nacional ODS SC em um projeto de pesquisa

Divulgação

Estudantes e professores de escolas públicas e particulares de Santa Catarina possuem uma ferramenta a mais para entender os Objetivos dos Desenvolvimento Sustentável (ODS). Já está disponível a cartilha interativa dos ODS. O foco é explicar, de maneira lúdica, os objetivos para crianças e adolescentes de 6 a 14 anos.

A iniciativa começou com a cartilha dos objetivos desenvolvida pelo Bairro da Juventude, de Criciúma. A partir dela foi desenvolvido um projeto vinculado a Pesquisa Associada a Cadeia Produtiva do Carvão Mineral fase 2: extração, beneficiamento, conversão e meio ambiente, vinculado à Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

O bolsista de Engenharia de Computação UniSatc, Bruno da Silva Daniel, transformou a cartilha física em algo interativo. “O foco principal é o meio ambiente, mas todos os objetivos estão contemplados e bem claros. O site está colorido, interativo e voltado para as crianças. Jogos explicativos e vídeos trazem informações dos ODS”, explicou o professor Edson Mateus da Cruz, orientador do projeto.

O projeto de pesquisa foi desenvolvido ao longo de 2020 e a cartilha já está disponível. “Pode ser utilizada por estudantes do ensino fundamental e por seus professores, fortalecendo as questões relacionadas aos ODS”, ressaltou a coordenadora geral do Movimento ODS SC em Criciúma, Regina Freitas Fernandes.

Notícias Relacionadas

Governo de Criciúma lança programa Educação Empreendedora nas escolas

Projeto foi apresentado nesta quarta-feira no Teatro Elias Angeloni

Librelato é finalista no Prêmio AutoData 2021

A Librelato chega pela sexta vez como finalista ao Prêmio Autodata por suas inovações no setor de implementos.

Governador garante investimento de R$ 12 milhões para asfaltamento de rodovia em Jaguaruna

A estrada tem quase 8 km e faz a conexão com as comunidades de Jabuticabeira e Congonhas, além de garantir um acesso secundário a Tubarão.

Covid: Fila por UTI em SC é a menor desde o início de junho

Segundo o último boletim, entre os 27 pedidos, a maior parte está na região Sul (12).