Segurança

Cartomante de SC é condenada por extorsão; companheiro dela recebe pena por tentativa de homicídio

Casal foi contratado por uma mulher para matar a então namorada do ex-companheiro dela. A tentativa de homicídio ocorreu em junho de 2019.

Divulgação

Uma cartomante de Chapecó, no Oeste catarinense, foi condenada a 4 anos de prisão por extorsão após julgamento realizado pelo júri popular da cidade na quarta-feira (11). Já o companheiro dela recebeu pena de 12 anos de prisão por tentativa de homicídio. Segundo o processo, o casal foi contratado por uma mulher para matar a então namorada do ex-companheiro dela. A tentativa de homicídio ocorreu em junho de 2019.

De acordo com a denúncia, a mulher que encomendou a morte do ex-companheiro contratou a cartomante por R$ 300 mil para reatar o relacionamento, o que não ocorreu. Depois, como o feitiço não deu certo, cartomante propôs o homicídio da atual companheira do ex.

Um atirador paraguaio foi contratado, pelo marido da cartomante, para executar o crime, e recebeu a orientação de simular um latrocínio (roubo com finalidade de morte). Dos R$ 35 mil prometidos, R$ 15 mil foram pagos antecipadamente. A vítima não morreu.

Este foi o segundo júri relativo ao caso. O autor dos disparos contra o homem foi julgado em novembro do ano passado e condenado a 15 anos e oito meses de prisão, em regime fechado, por tentativa de homicídio qualificado. A sentença também inclui as penalidades por porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada e uso de documento falso.

Já a mulher que contratou o serviço aguarda o julgamento de um recurso para ser submetida ao tribunal do júri.

Cartomante foi absolvida

Durante a investigação, a cartomante foi acusada de tentativa de homicídio, mas acabou absolvida por falta de provas, segundo o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). Ela vai responder em liberdade.

Com informações do G1 SC

Notícias Relacionadas

Cinco suspeitos de tráfico de drogas são presos em SC

Prisões ocorreram por meio da "Operação Tarrafa" da Polícia Civil

SC monitora varíola do macaco após 90 casos confirmados em ao menos 12 países

Até o momento, não há registros de casos de varíola dos macacos no Brasil; vírus é semelhante ao da varíola humana, inclusive nos sintomas

Dívida de R$ 2 mil motivou tiros contra sargento da PM em SC

Policial Militar foi vítima de uma tentativa de homicídio na madrugada do último sábado (21); quatro suspeitos foram presos

SC tem quase 100% de taxa de ocupação de leitos de UTI pediátricos e neonatais

Ocupação de leitos de UTI pediátricos chega a 97,9% no Estado; bebê de dois meses aguarda abertura de leito em hospital da Capital para realizar cirurgia