Geral

Casa do Professor: local voltado para os profissionais da rede municipal de Criciúma

Espaço resgata a essência das primeiras escolas do município. Além de ser um espaço utilizado para formações continuadas dos profissionais da rede municipal

Divulgação

Entrando nos portões do Centro de Formação Municipal Thereza Dário Milanezz, mais conhecida como Casa do Professor, a pessoa já é levada às antigas escolas municipais de Criciúma. Em cada cantinho, a história da Educação do município é contada. O espaço é voltado para os profissionais da rede municipal e foi aberto no início de 2021, após uma reforma geral.

As formações continuadas e reuniões serão realizadas no auditório, que tem capacidade para 35 pessoas. No mesmo ambiente, fazendo parte da decoração, tem a janela da primeira Casa do Professor do município. “Além de ser um local voltado para formações, é também um espaço para voltar no tempo e resgatar às origens da nossa história do âmbito da Educação”, frisou o secretário municipal de Educação, Miri Dagostim.

Carteiras, fotos, quadros, documentos, mimeógrafo e livros podem ser encontrados no pequeno memorial. Os visitantes apreciarão as antigas ferramentas utilizadas e reviver os momentos por meio das fotografias. “Também temos um Arquivo Histórico no local, com documentos antigos de todas as escolas municipais”, comentou a funcionária da Casa do Professor, Danieli Rodrigues Resendes. Antes, o local era um Centro de Educação Infantil Municipal (CEIM), que foi fechado, e os estudantes remanejados para escolas próximas.

O centro de formação abrange ainda a coordenação dos Clubes de Matemática e as aulas de Língua Portuguesa para os alunos estrangeiros do município. O espaço também possui atendimentos familiares com psicólogas e a realização do WISC IV, teste que avalia a capacidade intelectual dos alunos. No local, também serão organizados os eventos da Educação, como desfile cívico-militar e inaugurações de melhorias nas unidades escolares.

Melhorias no local

Antes de ser aberta, a Casa do Professor passou por uma reforma geral, troca de telhado e da parte elétrica, pintura e pequenas melhorias. Também foram colocados ares-condicionados e portas de vidros. As reformas ocorreram durante o ano passado. Anteriormente, o centro estava localizado na rua Henrique Lage, onde está localizada a Fundação do Meio Ambiente de Criciúma (Famcri).

Notícias Relacionadas

Covid-19: pessoas já infectadas devem esperar um mês antes de vacinar

Recomendação é de médicos infectologista.

Nova lei de trânsito entra em vigor nesta segunda-feira

Mudanças incluem aumento de validade e do limite de pontos na CNH.

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 33 milhões

Foram sorteadas as dezenas 14, 21, 22, 29, 35 e 46.

Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em março

Benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375.