Segurança

Casal chama socorro após atropelamento e descobre homicídio cruel em SC

Socorristas foram abordados por casal que relataram atropelamento no km 103 da rodovia SC-414, mas vítima estava morta com tiros de arma de fogo, aponta relatório

Foto: Bruno Golembiewski/Divulgação

Mistério envolve uma ocorrência atendida pelo Corpo de Bombeiros Militar em Balneário Piçarras no Litoral Norte de Santa Catarina. Os socorristas foram abordados por um casal de motociclistas para uma ocorrência de suposto atropelamento neste sábado (30), próximo às 22h, no km 103 da SC-414.

A guarnição comunicou ao Cobom o qual já estava recebendo ligações da mesma ocorrência. No local, os socorristas encontraram o homem maior, deitado com a barriga para baixo já morto com ausência total de sinais vitais.

Durante a avaliação detalhada, movimentando a vítima, os socorristas constataram duas perfurações por arma de fogo, uma no tórax no qual havia apenas a marca de entrada da bala e outra no crânio com marca de saída no lado esquerdo, com exposição da massa craniana. Uma lesão incompatível com a vida, de acordo com o relatório do Corpo de Bombeiros.

A vítima ainda não foi identificada e estava sem documentos no momento em que foi encontrada. A Polícia Militar isolou a cena do crime.

Com informações do ND+

Notícias Relacionadas

Sentença de pronúncia levará para júri casal acusado por homicídio cometido com espada em Orleans

Segundo os autos, os crimes aconteceram em março deste ano, no bairro Rio das Furnas

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

Ciclista morre após ser atropelado na SC-285, em Araranguá

Colisão seguida de atropelamento mata motociclista na SC-100, em Balneário Rincão

O motociclista, de 48 anos, colidiu em um carro e, em seguida, foi atropelado por uma Van, cujo condutor estava embriagado.