Geral

Casal devolve cobertor ‘emprestado’ de hotel após 30 anos em SC

Atualmente, o casal continua suas viagens, é casado e tem dois filhos

Foto: Hotel Fraiburgo

A história romântica do casal joinvilense, Jadson Martins, de 50 anos, e Rosita Boege Martins, de 47, que protagonizou um curioso episódio de furto de um cobertor em um hotel na década de 1990, ganha destaque novamente. Atualmente casados, eles decidiram devolver o item ao Hotel Fraiburgo, onde a “transação” aconteceu, acompanhado de um sincero pedido de desculpas, surpreendendo os atuais funcionários do local.

No julho de 1993, Jadson, com 20 anos, e sua namorada Rosita, com 17, embarcaram em uma viagem a bordo de um Escort L 1986 por oito cidades do Brasil. Durante a passagem por Fraiburgo, hospedaram-se no Hotel Fraiburgo e, sem recursos financeiros para hospedagens futuras, decidiram “pegar emprestado” um cobertor durante o check-out.

Rosita distraiu os funcionários na recepção enquanto Jadson escondeu o cobertor entre suas malas, levando-o para o carro. O cobertor viajou com o casal por diversas cidades, incluindo Brasília, Belo Horizonte e São Paulo.

Trinta anos e cinco meses depois, durante uma nova visita a Fraiburgo na quarta-feira (3), o casal, repleto de arrependimento, devolveu o cobertor. Jadson entregou o item em uma sacola plástica, acompanhado de uma carta pedindo desculpas, e partiu sem proferir uma palavra.

Atualmente, o casal continua suas viagens, é casado e tem dois filhos. Apesar da devolução do cobertor, Jadson expressa o desejo de se desculpar pessoalmente com o proprietário do estabelecimento.

O Hotel Fraiburgo, agora com novos funcionários e itens de acomodação, decidiu enaltecer a peculiar história do casal. A gerente, Natália Latrechia, anunciou que a coberta e a carta serão emolduradas e exibidas na recepção do hotel como uma recordação marcante.

A repercussão do caso foi impulsionada após o hotel compartilhar a história nas redes sociais, expressando sua gratidão por fazer parte dessa narrativa e cumprir seu propósito. A carta deixada pelo casal, digitada em computador, destaca o alívio e a vergonha ao devolver o cobertor, detalhando a aventura de jovens apaixonados com poucos recursos, e encerra com um pedido de perdão assinado de Joinville, o endereço do remetente.

Informações retiradas do NSC Total

Notícias Relacionadas

Vereadores de Orleans aprovam repasse financeiro à Creche Santa Rita de Cássia

A Administração Municipal ficou autorizada a repassar até R$ 400 mil, pagos em parcelas mensais, para o atendimento de crianças de 4 meses a 3 anos.

Sessão da Casa Legislativa de Lauro Müller é interrompida após desmaio de vereadora

A vereadora Sysse Alves Velho passou mal, foi socorrida e encaminhada ao hospital.

MEC divulga nesta terça-feira segunda chamada do Prouni

Programa oferece vagas para cursos superiores em instituições privadas

UniSatc fala de aplicações de Inteligência Artificial com os professores

Workshop foi ministrado durante a Semana de Formação dos professores do Centro Universitário