Segurança

Casal que aplicou golpes do cartão em Tubarão é preso

Segundo a Polícia Civil de Tubarão, somente no último fim de semana, sete idosos foram vítimas do golpe na cidade.

Divulgação/Polícia Civil

Polícia Civil prendeu preventivamente, no Oeste do Estado, um casal suspeito de aplicar o golpe do cartão em Tubarão. Foi apurado que o casal é de São Paulo e estava em Concórdia para a prática de estelionato.

Após a expedição de mandado de prisão preventiva, os policiais localizaram o veículo utilizado pelos suspeitos e realizaram abordagem do casal. Com eles, foram apreendidos objetos relacionados à prática do crime.

Os dois foram encaminhados ao Presídio Regional de Concórdia, onde ficarão à disposição do Poder Judiciário. Segundo a Polícia Civil de Tubarão, somente no último fim de semana, sete idosos foram vítimas do golpe na cidade.

O golpe começa em uma ligação. Depois de chamar atenção para supostas compras indevidas no cartão de crédito, os criminosos convencem a vítima a entregar seu cartão para cancelar as transações e investigar a fraude. Aí entra em cena o falso motoboy, que vai até a casa da vítima buscar o cartão. Conforme informações do Diário do Sul, logo que recebe o cartão, o próprio motoboy já dispara transações fraudulentas com maquininhas, até o cartão ser de fato bloqueado.

Notícias Relacionadas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

DIC de Criciúma apreende 1,5 kg de maconha e munição de calibre restrito

Índices de crimes caem bruscamente em Orleans

Segundo dados divulgados pela Polícia Civil, houve redução de 300% dos crimes de roubo e quase 30% do número de furtos.