Geral

CASAN parcela dívida de consumidores em até 24 meses

As renegociações podem ser realizadas em todas as agências da CASAN no estado. As negociações são válidas para faturas vencidas até o mês de junho de 2018.

Foto: Divulgação

De hoje até a próxima sexta-feira (9), a CASAN estará parcelando o débito dos inadimplentes em até 24 vezes. As parcelas serão atualizadas pelo IPCA.

A modalidade de negociação faz parte da Semana Nacional de Conciliação, que em Santa Catarina é liderada pelo Tribunal de Justiça. O objetivo é incentivar e facilitar negociações entre devedores e a Companhia, recuperando débitos, evitando ações judiciais de cobrança e religando a água.

As renegociações podem ser realizadas em todas as agências da CASAN no Estado e, em diversas cidades, haverá atendimento em locais específicos. É o caso de Florianópolis, onde funcionários da Companhia atenderão na Praça Tancredo Neves, Centro. Na unidade móvel da empresa serão prestadas informações e esclarecimentos. A renegociação das dívidas será realizada no prédio do Fórum.

Parcelamento

Durante a Semana de Conciliação, será possível realizar o parcelamento dos débitos em 24 vezes (1 + 23 parcelas), com entrada mínima de 10% do valor da dívida, após descontos de juros. As parcelas serão atualizadas pelo IPCA.

No caso de reparcelamento de débitos, o limite máximo será também de 24 parcelas, mas com entrada de pelo menos 20% do valor da dívida. Os juros terão descontos de até 100%. Mas atenção: as negociações são válidas para faturas vencidas até o mês de junho desse ano.

Para participar será necessário levar documentos pessoais (RG, CPF) e o número do relógio medidor da residência. Os clientes da Companhia foram comunicados sobre a possibilidade de negociação em mensagens enviadas nas faturas de água/esgoto.

“Com essa terceira edição do Programa Zera Dívida em meio à Semana de Conciliação a nossa expectativa é negociar valores em torno de R$ 1 milhão somente na Região Metropolitana, o equivalente a 5% dos débitos em aberto”, explica o gerente Comercial da CASAN, Helton Machado Kraus.

Colaboração: Comunicação Casan

Notícias Relacionadas

ALERTA: Período de seca pode comprometer consumo de água em Lauro Müller

A represa localizada em Rio Bonito, a qual abastece os setores de abrangência da companhia em Lauro Müller, está quase seca.

Estado anuncia R$ 8 milhões para recuperação de ruas de Criciúma que passam por obras da Casan

Em Criciúma o sistema de saneamento básico está sendo ampliado no Bairro São Luiz.

Comissão é criada para apurar possíveis descumprimentos contratuais da Casan em Braço do Norte

Na prática a comissão terá como atribuição acompanhar, relatar e emitir parecer quanto a auditoria que deverá ser realizada por uma empresa ou profissional especializado que será contratado para analisar o contrato.

Município de Braço do Norte pede revisão de contas de água e esgoto da Casan na Justiça

O prefeito salientou ainda que a Casan extrapolou o período máximo de 33 dias para a aferição das medidas, o que está em desacordo com o contrato.