Geral

Casan pede que consumidores economizem água por causa da escassez de chuvas

Ações como evitar lavar calçadas, pátios e carros ajudam. Níveis dos rios que abastecem cidades baixaram.

Foto: Divulgação

Por causa da falta de chuvas, a Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) pede aos consumidores que economizem água. Medidas como evitar lavar calçadas, pátios e carros ajudam. A situação ocorre porque os níveis dos rios que abastecem as cidades baixaram.

Um dos quadros mais intensos é o do Rio Vargem do Braço, em Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis. Por conta da estiagem, a Casan diminuiu o volume de captação em cerca de 30%, para manter a vazão miníma do rio.

Porém, o problema não é só nesse local. Os principais rios que abastecem os municípios da região não conseguiram ter a reposição necessária nos últimos dois meses por causa da falta de chuva.

Além da Grande Florianópolis, a situação de estiagem é mais intensa nos locais próximos a Chapadão do Lageado, no Vale do Itajaí, São Martinho, no Sul, Passos Maia, no Oeste, e Camboriú, no Litoral Norte. Nesses locais, há rios que estão com o nível mais baixo, segundo medição feita pela Epagri/Ciram nesta sexta-feira (26).

Medidas para economizar

Para usar a água de forma responsável, a Casan recomenda:

  • tomar banhos mais rápidos
  • fechar a torneira ao escovar os dentes e fazer a barba
  • não lavar a louça com água corrente. Passar rapidamente água nas louças, ensaboar os pratos e utensílios. Abrir a torneira apenas para enxaguar
  • não lavar roupa com água corrente
  • só ligar a máquina de lavar louça ou de lavar roupa com capacidade total. O consumo é igual se ela não estiver cheia
  • não usar água como vassoura. Em calçadas e áreas pavimentadas, primeiro varrer a sujeira, depois lavar com a utilização de um balde
  • não usar mangueira, mas balde e pano para lavar o carro. Em épocas de estiagem, evitar lavar veículos
  • reaproveitar a água usada na lavação de roupas para outros fins, como lavar calçadas
  • regular a válvula de descarga. Esse cuidado pode reduzir o consumo pela metade

Com informações do G1 SC

Notícias Relacionadas

ALERTA: Período de seca pode comprometer consumo de água em Lauro Müller

A represa localizada em Rio Bonito, a qual abastece os setores de abrangência da companhia em Lauro Müller, está quase seca.

Momento preocupante nas regiões da Amrec e da Amurel por causa da forte chuva

Defesa Civil, Bombeiros e Polícia Militar atuam no socorro em várias cidades da região

Utilidade Pública – Tubarão Saneamento pede atenção aos motoristas ao trafegar pela cidade

Atenção deve ser redobrada principalmente com as fortes chuvas que atingem a Cidade Azul

Novas análises apontam zero resquício de agrotóxicos na água de Orleans

Após polêmica levantada com publicação do MPSC, Samae de Orleans realizou contraprova com o mesmo laboratório, que não apontou nenhum traço de agrotóxico.