Geral

Caso de violência policial choca o Brasil e laudo confirma morte em porta-malas como asfixia

Genivaldo de Jesus Santos foi colocado no porta-malas de uma viatura da PRF

Divulgação

Um homem morreu por asfixia ao ser colocado no porta-malas de uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na cidade de Umbaúba, em Sergipe, na tarde desta quarta-feira (25). Imagens que circulam nas redes sociais mostram policiais prendendo o homem no carro, que estava tomado por fumaça.

O laudo da morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos, apontou que a causa do óbito foi asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda.

Segundo a família, a vítima tinha esquizofrenia e tomava remédios controlados há cerca de 20 anos, mas não era uma pessoa violenta. Ele era casado há 17 anos e deixa a esposa e um filho.

A abordagem foi registrada em vídeos, que mostram o homem sendo revistado por policiais. Ele estava em uma moto e recebeu uma ordem de parada da polícia, que foi acatada. Outros trechos mostram o homem no chão, imobilizado pelos agentes. Já no porta-malas da viatura, ele estava com pernas para fora e gritava no carro tomado por fumaça.

Ao g1, um sobrinho de Genivaldo disse que presenciou a situação. Segundo ele, os policiais foram avisados de que o homem tinha transtorno mental, mas mesmo assim usaram spray de pimenta e colocaram Genivaldo no porta-malas da viatura.

Os policiais teriam então jogado uma espécie de gás dentro do carro e levaram o homem à delegacia desacordado.

Mais tarde ele chegou a ser levado para o hospital, mas já estava sem vida.

O caso será investigado pela Polícia Civil. Um procedimento disciplinar foi aberto para investigar a conduta dos policiais envolvidos, segundo a PRF.

PRF diz que homem resistiu à abordagem

Em nota divulgada nesta quarta-feira, a PRF diz que o homem resistiu ativamente à abordagem policial e que estava agressivo. De acordo com a nota, os policiais usaram técnicas de imobilização para conter o homem. A nota diz que ele teria passado mal no caminho para a delegacia.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Ministério viabiliza reajuste de salário para agentes de saúde

Eles passarão a ganhar R$ 2.424,00

SESI inicia aulas de robótica de alto desempenho em parceria com o município de Criciúma

Cerca de 20 alunos, de 14 escolas municipais, estão participando da oficina

Mulher será indenizada após vestido arrebentar em baile e praticamente deixar ‘seio à mostra’, decide TJSC

Ação foi movida contra loja contratada. Segundo a Justiça, a alça da peça arrebentou e causou constrangimento. A sentença foi divulgada na quinta-feira e cabe recurso.

Noite de confraternização coroa o sucesso da primeira turma do PGVE realizado pela ACIO

Capacitação proporcionou o conhecimento necessário para 50 empreendedores alavancarem os resultados dos seus negócios.