Segurança

Caso Robson Vieira: acusado é indiciado por latrocínio

Foto: Divulgação

O acusado de matar Robson Vieira, em Capivari de Baixo, será indiciado por latrocínio (roubo seguido de morte). O inquérito policial foi concluído ontem pelo delegado Vandilson Moreira da Silva.

A morte aconteceu no dia 30 de junho, e a investigação apontou que o responsável pelo assassinato roubou pertences da vítima após o crime.

“Da vítima, o acusado levou um notebook, um celular, roupas e uma bolsa de viagem. Esses três últimos itens foram encontrados com ele no momento da prisão, em São Paulo, local para onde fugiu após o crime. Quanto ao notebook, o indiciado confessou que vendeu para comprar drogas”, revela o delegado.

Após ser preso e ouvido, o acusado teria alegado legítima defesa, e que ambos teriam entrado em atrito, pois a vítima teria colocado drogas em seu copo, o que motivou o início de uma discussão. O homem, de 32 anos, foi detido em São Paulo, trazido na última semana para Capivari, e segue recluso no Presídio Regional de Tubarão.

Vítima e investigado seriam amigos. Robson foi morto a facadas e encontrado amordaçado e amarrado dentro de casa. De acordo com o delegado, o acusado deverá ser indiciado hoje por outros crimes, entre eles um roubo cometido dias antes da morte de Robson. “O caso está concluído e à disposição da Justiça”, encerra Vandilson.

Com informações do Jornal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Polícia Civil apresenta dados positivos na repressão de roubos em Criciúma com prisões realizadas e criminosos identificados

Comparado com 2018, os dados indicam redução de roubos com uso de arma de fogo, roubos em residência e roubos com mais de três autores, com estabilização da quantidade de roubos gerais.

Sentença de pronúncia levará para júri casal acusado por homicídio cometido com espada em Orleans

Segundo os autos, os crimes aconteceram em março deste ano, no bairro Rio das Furnas

Morador é executado com cinco tiros em Criciúma

Segundo informações, a vítima saiu recentemente do presídio e possui passagens por pedofilia e estupro de vulnerável.

Polícia Civil indicia e prende homem suspeito de realizar dois roubos armados em Criciúma

Os crimes investigados ocorreram no fim de janeiro deste ano, ambos no bairro Jardim Maristela