Geral

Casos diários de covid-19 no Brasil se aproximam do pico de julho

Dados atualizados ontem apontam para 42.630,29, diz Fiocruz

Divulgação

Desde o início de novembro, os casos de covid-19 no Brasil voltaram a subir e estão quase no mesmo nível do pico de julho, em novos casos diários na média móvel de sete dias. Os dados são do Monitora Covid-19, do Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde, da Fundação Oswaldo Cruz (ICICT/Fiocruz).

Durante toda a pandemia, o dia em que foram registrados mais casos novos de covid-19 no país foi 29 de julho, com 46.393. Após esse dado, a tendência geral de contágio se manteve em queda, atingindo o mínimo de 16.727 casos novos no dia 6 de novembro. Os dados atualizados ontem (13) apontam para 42.630,29 casos novos. Na sexta-feira (11), o país notificou 43.179,86 casos na média móvel de sete dias.

Há um mês, no dia 14 de novembro, a tendência de alta era percebida, com 27.917 casos. No domingo passado (6), chegaram a 41.257,14.

Óbitos

No registro de óbitos em médias móveis, o país se manteve num patamar acima de 900 casos por dia entre 23 de maio e 27 de agosto. A queda se manteve constante até o pico mínimo de 323,86 no dia 11 de novembro. No domingo passado a tendência de alta se consolidava com 586,86 e ontem foram 637,29 mortes causadas pela covid-19 no país.

O Brasil acumula 6.901.952 casos de covid-19 e 181.402 óbitos, segundo os dados divulgados ontem pelo Ministério da Saúde.

Com informações da Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Polícia Civil prende organização criminosa por diversos roubos em Criciúma e latrocínio em Morro da Fumaça

Nesta terça-feira, dia 4, quatro pessoas foram presas e drogas, dinheiro e celulares foram apreendidos.

Justiça condena empresa que vendeu mas não entregou R$ 2 milhões em máscaras a SC

A distribuidora foi penalizada com multa de 10% sobre o contrato e ainda foi suspensa de participar de novas licitações pelo prazo de seis meses

Secretária de Saúde de Braço do Norte libera 1.356 exames com investimento de mais de R$ 170 mil

Conforme o secretário da Saúde, Sérgio Fernando Domingos Arent, as pessoas que estão à espera dos procedimentos podem ficar tranquilas, pois a Secretaria de Saúde vai entrar em contato para o agendamento

Homem é detido após quebrar imagens da Igreja Matriz, em Treze de Maio

Antes de ir à igreja, ele esteve no posto de saúde central e atacou funcionários e destruiu móveis