Esporte

Catarinense campeã brasileira de muay thai morre vítima de infarto aos 32 anos

Lutadora foi encontrada em casa pelos pais, já sem vida

Divulgação

Uma campeã nacional de muay thai, natural de Guaramirim, morreu aos 32 anos vítima de um infarto fulminante na noite de domingo (2). Monique Piske foi encontrada pelos pais em casa, já sem vida. A informação foi confirmada pela irmã da vítima, Luciana Piske, nas redes sociais.

​Lutadora há cerca de cinco anos, em 2018, Monique foi a primeira catarinense a lutar no Portuários Stadium, o maior estádio da arte marcial no país, e, no mesmo ano e local, garantiu o cinturão da categoria 70kg.

Além do título nacional, a atleta também se sagrou bicampeã estadual de muay thai, além de ter conquistado títulos na Copa do Brasil de kickboxing e no Joinville Fight Night de MMA.

Monique era moradora do bairro Corticeira e deixa pai, mãe, irmã e sobrinhos. De acordo com informações divulgadas por familiares, a lutadora será velada a partir das 11h desta segunda-feira (3) na capela mortuária de Guaramirim. A partir das 17h, o corpo de Monique será levado ao crematório do bairro Nereu Ramos, em Jaraguá do Sul, para cerimônia de despedida.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Saúde lança nova versão da caderneta de saúde para crianças

Novo modelo será enviado aos estados e municipios até março

Cachoeira é interditada por tempo indeterminado após queda que matou jovem em SC

Leticia Silva Budal, de 20 anos, morreu após cair aproximadamente 50 metros dentro da cachoeira

SC tem 20 vezes mais pacientes em tratamento contra Covid do que no Natal

Em 25 de dezembro, estado tinha 1.987 casos ativos contra 45.915 de sexta-feira. SC enfrenta filas nos postos de saúde e unidades fechadas por causa do afastamento de profissionais da área.

Um ano de vacinação contra Covid-19 com início da imunização de crianças

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos é a forma que SC celebra data