Geral

Catarinenses podem solicitar segunda via da carteira de identidade pela internet

A nova ferramenta foi desenvolvida pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) após solicitação do IGP.

Divulgação/Secom

O Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina (IGP/SC) disponibilizará à população catarinense, a partir das 13h desta quinta-feira, 18, a segunda via da carteira de identidade pela internet. A nova ferramenta foi desenvolvida pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) após solicitação do IGP.

“No momento em que uma pandemia assola o mundo, esta ferramenta diminuirá a circulação de pessoas nas unidades de atendimento do IGP e Postos de Identificação conveniados, fazendo com que elas se dirijam ao IGP apenas uma vez, para retirar o documento pronto. O Instituto segue trabalhando para proporcionar à sociedade catarinense a qualidade e excelência nos serviços prestados”, ressalta o perito-geral do IGP, Giovani Eduardo Adriano.

Para ter direito a 2ª Via Rápida o solicitante deve acessar o site do IGP, no link. É necessário ter feito a primeira via do documento em Santa Catarina. A emissão só ocorrerá após o pagamento da taxa (R$ 38,78, guia DARE), cujo boleto será gerado antes do término da solicitação e apenas no site do IGP.

Objetivo é agilizar atendimento

Por ano, o IGP emite mais de 550 mil carteiras de identidade em Santa Catarina, e cerca de 70% delas são de segundas vias.

“O nosso objetivo é ampliar e agilizar o atendimento no setor de identificação civil, sem a necessidade de abertura de novas unidades de atendimento, contratação de novos atendentes ou aquisição de novos equipamentos, mas utilizando a tecnologia para automatizar as solicitações de documentos que já foram emitidos para o cidadão catarinense”, explica o diretor do Instituto de Identificação, Fernando Souza.

A própria ferramenta dirá ao cidadão se ele se encaixa ou não nos requisitos mínimos para poder solicitar a 2ª via rápida da carteira de identidade em Santa Catarina. Caso não se encaixe, o sistema o direcionará para o agendamento presencial.

Importante saber:

– O documento emitido na solicitação de uma 2ª via rápida terá exatamente os mesmos dados da última emissão em SC.

– Somente o próprio requerente poderá retirar a 2ª via rápida, sem exceções. No caso de menores de 16 anos, o responsável legal deverá estar junto para que o documento seja entregue.

– Por questões de segurança, as retirada da 2ª via rápida ocorrerá inicialmente somente em unidades do IGP/SC, após confronto papiloscópico para certificar a identidade do retirante presencial como sendo a mesma do requerente virtual.

– Qualquer alteração que necessite ser feita nos dados da carteira de identidade implicará obrigatoriamente na necessidade de atendimento presencial no IGP ou Postos de Identificação conveniados.

Notícias Relacionadas

Respiradores: PGE aguarda depósito de mais R$ 2 milhões em favor do Estado a partir desta segunda

Com o depósito, o valor recuperado chega a 40% do total

Coronavírus em SC: Governador lista doações recebidas e agradece generosidade dos catarinenses em meio à pandemia

As doações incluem itens de higiene e equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19.

Quase metade do planeta ainda não tem acesso à internet, aponta estudo

A informação é apresentada e discutida no relatório “Estado da Banda Larga 2019”, da Comissão de Banda Larga, grupo que reúne representantes de empresas e das Nações Unidas.

Comunidades de Treviso e Siderópolis serão beneficiadas com ampliação de internet fibra óptica

Em Treviso, moradores das localidades de São Victor, Vila Bonasa e Rio Manim serão contemplados. Já em Siderópolis, o investimento será em Rio Jordão Alto e Rio Jordão Baixo.