Segurança

Causa de incêndio em embarcação que estava em praia de Florianópolis será investigada

As equipes do Corpo de Bombeiros e do Helicóptero Arcanjo 01 conseguiram conter o fogo

Foto: Divulgação

A Capitania dos Portos de Santa Catarina irá investigar as razões por trás do incêndio que atingiu uma embarcação na Praia do Pântano do Sul, em Florianópolis. O incidente ocorreu no domingo (7) em meio a uma multidão de banhistas, mas felizmente, não houve feridos. As informações foram fornecidas pelo g1 SC.

De acordo com comunicado divulgado pela Capitania, o procedimento administrativo para apurar o caso tem um prazo de 90 dias para ser concluído. Além de investigar as causas do incêndio, serão analisadas as circunstâncias e responsabilidades relacionadas ao incidente.

O ocorrido teve início por volta das 11h, conforme evidenciado em imagens compartilhadas nas redes sociais, mostrando as chamas consumindo a embarcação que estava na água, enquanto uma nuvem de fumaça se elevava no céu. A praia estava repleta de banhistas no momento do incidente.

As equipes do Corpo de Bombeiros e do Helicóptero Arcanjo 01 conseguiram conter o fogo. A embarcação afetada, chamada San Rafael II, estava ancorada no mar e sem tripulação no momento do incidente. A Capitania assegurou que não houve poluição hídrica nem riscos à segurança da navegação.

Este foi o segundo incêndio em embarcações registrado em um intervalo de dois dias. No sábado (6), outra embarcação pegou fogo, desta vez em Balneário Camboriú, no Litoral Norte. Segundo a Polícia Militar, oito pessoas estavam presentes, mas felizmente não houve feridos.

Notícias Relacionadas

Agiotas que cobravam dívidas até no local de trabalho das vítimas são presos em SC

Empresário está entre os presos

Fim de semana de veranico antecede chuvas e temporais em Santa Catarina

Esse novo veranico de junho antecede a passagem de uma frente fria

A partir de R$ 300: PRF em SC prepara leilão de 270 veículos que poderão voltar a circular

Também há 225 lotes classificados como sucata. Veículos podem ser visitados em pátios de Imbituba, Capivari de Baixo e Araranguá.

Jovem morre após explosão de ar-condicionado em prédio de Balneário Camboriú

Vítima de 19 anos fazia manutenção do equipamento com o pai.