Serra

Cemitério de São Joaquim cai no esquecimento

Os moradores de São Joaquim pedem para que as autoridades se manifestem em relação ao estado que se encontra o cemitério São João Batista

Foto: São Joaquim Online

Foto: São Joaquim Online

Com um pouco mais de uma década, o cemitério São João Batista foi a proposta municipal afim de solucionar a superlotação do Cemitério Santo Anjo da Guarda e recebe nos dias de hoje uma dezena de enterros por mês.

Quem traz a reclamação da população, é o site São Joaquim Online, que classifica a situação como drástica, a ponto do caminho até o cemitério ser intrafegável, fazendo com que o carro do cortejo funerário atole em dias de chuva.

"A comunidade cobra agora respostas imediatas das autoridades em relação ao campo santo onde está sendo depositado seus entes queridos em São Joaquim", informou o site.