Giro Estadual

Chuva causa alagamentos e cancela aulas na Serra

Chuva causa alagamentos e cancelas aulas na Serra

Foto: Nilton Wolff / O Goleador

A chuva retornou a Santa Catarina neste domingo (4). Cidades da Serra tiveram altos volumes acumulados em menos de 24 horas. Em Lages, por exemplo, até o começo da noite, havia chovido 114 milímetros, o que causou alagamentos em diferentes bairros e levou a prefeitura a suspender as aulas da rede municipal nesta segunda-feira.

A Agência de Desenvolvimento Regional – ADR fez o mesmo nas 44 escolas da rede estadual da regional de Lages. Com isso, são 26 mil alunos e dois mil professores dispensados da atividade nesta segunda-feira. Uma nova reunião deve definir a situação para o restante da semana. O cenário mais complicado ontem em Lages estava nos bairros Passo Fundo, Sagrado, São Sebastião, São Vicente e Guarujá.

A orientação da prefeitura para os moradores é que eles evitem sair de casa e o façam somente em caso de necessidade. A Defesa Civil municipal está mobilizada, com o apoio de outras secretarias. A Polícia Civil também se colocou à disposição do município caso seja necessário o uso dos helicópteros da corporação.

Outra regional da ADR que cancelou as aulas na rede estadual foi Taió, no Alto Vale do Itajaí. No restante do Estado a chuva deixou alagamentos em Agrolândia, onde o Centro da cidade foi atingido, Fraiburgo, Abdon Batista, Correia Pinto, Capinzal e Florianópolis.

Na Capital, a água inundou ruas da região Norte da Ilha. O Corpo de Bombeiros teve que dar apoio em atendimentos na Cachoeira do Bom Jesus e no Santinho. Quedas de árvores foram registradas na BR-470, no Alto Vale , onde o trânsito ficou parcialmente prejudicado. Na SC-350, entre Rio do Sul e Aurora, não havia passagem para veículos ontem à noite.

Com informações do site Diário Catarinense

Notícias Relacionadas

Sexta-feira tem sol em SC; tempo muda no fim de semana

Sábado deve ter chuva em algumas regiões. No domingo, chega uma massa de ar frio.

Serra do Rio do Rastro fica interditada temporariamente após vendaval

Houve queda de algumas pedras, árvores e postes sobre a rodovia. Nesta manhã de terça (12), o trânsito flui normalmente no trecho, porém, com registro de vento e muita chuva.

Momento preocupante nas regiões da Amrec e da Amurel por causa da forte chuva

Defesa Civil, Bombeiros e Polícia Militar atuam no socorro em várias cidades da região

Com temperatura negativa, Serra tem até ‘boneco de geada’