Clima

Chuvas em SC: Estado tem morte, pessoas fora de casa e cidades em situação de emergência

Estão previstos mais 100 mm de água ainda nesta sexta-feira (3)

Foto: Defesa Civil

Santa Catarina registrou a primeira morte em decorrência das chuvas, tem famílias desalojadas e desabrigadas e três cidades que já decretaram situação de emergência. As tempestades atingem o Estado desde a quarta-feira (1°), principalmente, municípios que fazem divisa com o Rio Grande do Sul, que vive uma das suas piores tragédias climáticas dos últimos tempos.

A morte foi registrada em Ipira, no Meio-Oeste, e a vítima trata-se de um homem de 61 anos que estava desaparecido após ter o carro arrastado por uma enxurrada. Também há registro de um ferido em Caçador. Araranguá, Praia Grande e São João do Sul decretaram situação de emergência. O balanço da Defesa Civil ainda mostra que há, menos, 155 pessoas desalojadas e 26 desabrigadas.

Em entrevista, Aldrin Silva de Souza, gerente de operações da secretaria de Estado da Defesa Civil, informou que, no total, 33 municípios registraram ocorrências e que, desde ontem, o órgão de monitoramento tem atuado.

Além disso, nesta manhã ainda foi confirmada a passagem de um tornado em Passos Maia. Imagens gravadas após o fenômeno mostram dezenas de eucaliptos tombados e torcidos, além de árvores arrancadas do chão.

Na quinta-feira (2), foram registrados 200 milímetros de chuva e, para esta sexta-feira (3), a previsão é de que chova de 100 a 150 mm na faixa Sul do Estado, desde o Oeste ao Litoral Sul de SC. Como o solo já está encharcado, Aldrin destacou que os riscos são altos para ocorrências de enxurradas e alagamentos e pede que os moradores fiquem atentos.

— No Meio-Oeste vale mais atenção, porque as altitudes são bastante diferentes entre o rio e as encostas, e pode ocorrer as enxurradas, assim como vendavais e granizo — informou à CBN.

À reportagem feita pela NSC, Jorginho Mello (PL) lamentou a morte em Ipira e reforçou que a Defesa Civil está em contato com todos os municípios afetados pelas chuvas. O governador também citou ações no rio Itajaí-Açu.

— Faremos uma dragagem no dia 11 [de maio], que será um processo demorado, contínuo e duradouro — disse.

Alerta de risco para SC

Nesta sexta, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) publicou um alerta de “grande perigo” relacionado a tempestades e acumulados de chuvas que devem atingir Santa Catarina. Segundo o órgão, são previstos ventos fortes com rajadas acima dos 60 km/h, ocorrência de descargas elétricas, possível queda de granizo e chuvas ainda volumosas podendo superar os 100mm entre o norte do estado gaúcho e o sul de Santa Catarina.

As áreas mais afetadas devem ser a região Serrana, Oeste Catarinense, Vale do Itajaí, Grande Florianópolis e Sul Catarinense. O Inmet orientou a população que desligue aparelhos elétricos e o quadro geral de energia, observe alteração nas encostas, permaneça em local abrigado e em caso de situação de inundação, ou similar, proteger pertences da água envoltos em sacos plásticos.

Conforme a Defesa Civil, com a permanência da instabilidade no Estado e os altos acumulados registrados em toda região de divisa com o Rio Grande do Sul, as condições geológicas permanecem em risco “muito alto” para as áreas em vermelho no mapa (imagem abaixo), principalmente para as regiões de Chapecó, Concórdia e Campos Novos no Grande Oeste, além de cidades com histórico de registro de ocorrências a deslizamentos como São Joaquim, Praia Grande e São João no Sul no Planalto Sul e Litoral Sul.

Da mesma forma, o risco é “alto” para deslizamentos e fluxo de detritos nas áreas em laranja no mapa, como parte do Grande Oeste, Alto Vale do Itajaí, regiões serranas da Grande Florianópolis e Litoral Sul e moderado para as demais áreas do Vale do Itajaí e Grande Florianópolis.

Com informações do NSC Total

Notícias Relacionadas

Tencati testa Tigre com três atacantes mais uma vez

Sócio do Criciúma poderá retirar ingresso gratuito para criança na Copa do Brasil

Funcionário é arrastado e desaparece no rio após carro de empresa cair de ponte alagada em SC

Outros dois ocupantes conseguiram sair da água. Os três trabalham em uma empresa de internet e faziam manutenção de uma torre em Bom Jardim da Serra.

Homem morre em acidente entre carro e caminhão na BR-280 em SC

Batida aconteceu na cidade de São Bento do Sul