Geral

Ciclone no Uruguai e frente fria podem causar temporais do Oeste ao Litoral Sul de SC

Ventos podem chegar a 90km/h nas mesmas regiões; no restante do Estado, rajadas atingem até 60km/h

Divulgação

A formação de um ciclone extratropical no Uruguai, somado ao avanço rápido de uma frente fria na região Sul do Brasil, traz risco de temporais isolados para algumas regiões de Santa Catarina na próxima quinta-feira (24).

Há alerta para tempestades com rajadas de vento, raios e queda de granizo do Oeste ao Litoral Sul do Estado. Os riscos são maiores para as cidades da divisa com o Rio Grande do Sul, segundo alerta da Defesa Civil de SC desta terça (22).

Segundo o meteorologista da NSC, Leandro Puchalski, os ventos podem atingir 90km/h nas mesmas regiões, durante os temporais. Para as demais áreas do Estado, que abrangem Grande Florianópolis, Vale do Itajaí, Litoral Norte e Planalto Norte, as rajadas não devem ultrapassar os 60km/h.

De acordo com a Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições climáticas, os temporais devem ocorrer principalmente durante a tarde de quinta entre o Oeste e Meio-Oeste e avançar para as demais regiões à noite.

Um alerta do mesmo órgão, no início da semana, chegou a prever impacto mais forte ao Estado, com ventos que poderiam superar os 100 km/h. A previsão, no entanto, não se confirmou até a noite desta terça pelo monitoramento meteorológico.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Alesc aprova reforma da Previdência e barra alterações de última hora ao projeto

Parlamentares tentaram mas não conseguiram realizar alterações durante a sessão. Base de governo agiu para frear desidratações.

Falta de materiais de limpeza e de enfermagem nas UBSs de Lauro Müller gera polêmica

Assunto foi discutido em sessão da Câmara de Vereadores nesta segunda-feira, dia 2.

Qual o diferencial para um bom emprego?

Pensando na qualificação profissional, a UniSatc está com matrículas abertas para a pós-graduação

Vacinação para pessoas de 32 anos ou mais segue até às 20h em Içara

A imunização acontece por ordem de chegada, nas unidades dos bairros: Jussara, Liri e Jaqueline.