Geral

Cidades de SC alteram programação de Réveillon após portaria com novas regras para eventos

Protocolo do governo proíbe eventos com mais de 500 pessoas e que provoquem aglomerações

Divulgação

A publicação de uma portaria na terça-feira (30), que reforça o protocolo de “Evento Seguro” em Santa Catarina, colocou em xeque a realização de festas de Réveillon. O texto proíbe a realização de festivais, apresentações e outras atividades com público maior de 500 pessoas, que provoquem aglomerações e que não tenham condições de implantar as medidas sanitárias.

Uma das exigências do “Evento Seguro” é que os participantes dos eventos apresentem comprovante de vacinação ou teste negativo para Covid-19. Outro ponto é a obrigatoriedade do uso de máscaras.

Com programação de Natal e Réveillon já divulgada, cidades cancelaram shows ou vão remodelar os eventos de fim de ano. Em Florianópolis, a queima de fogos está mantida, segundo a prefeitura. Os protocolos sanitários do evento estão sendo preparados.

No caso da programação de Natal, os eventos estão mantidos. A abertura com o acendimento das luzes de Natal no Largo da Catedral. Neste dia, um espaço será cercado para o controle e exigência do passaporte da vacinação.

Veja como fica o Réveillon nas principais cidades de SC

Florianópolis

A prefeitura vai manter a programação de Réveillon com queima de fogos. Os protocolos ainda estão sendo discutidos. Shows e apresentações musicais não estavam previstas.

Balneário Camboriú

A prefeitura vai manter a programação de Réveillon. A queima de fogos na Praia Central vai durar 15 minutos. Outro evento que está mantido é a inauguração das de alargamento da faixa de areia da praia. O evento acontecerá no sábado (4) e incluirá shows musicais.

Blumenau

A festa de Réveillon na Vila Germânica deve ser alterada em função da portaria. A organização previa a montagem de um palco na Rua Humberto de Campos, com apresentações musicais, pontos de venda de comidas e bebidas. Tudo isso deve ser alterado.

Itajaí

A prefeitura de Itajaí cancelou o evento de Réveillon. Neste ano, a festa de Réveillon iria acontecer com 12 minutos de queima de fogos de baixo estampido e três palcos musicais espalhados pela Beira-Rio para descentralizar o público. De acordo com a Secretaria Municipal de Turismo e Eventos, as restrições determinadas pelo Governo do Estado inviabilizam as festas públicas de virada de ano.

Laguna

Segundo a prefeitura de Laguna, a programação de réveillon vai mudar de formato para se adequar ao protocolo de “Evento Seguro”. Uma reunião nesta quarta-feira (1º) definirá as medidas a serem adotadas.

São Francisco do Sul

A prefeitura de São Francisco do Sul cancelou os shows previstos para o réveillon. A queima de fogos, a princípio, será mantida. Uma definição oficial deve ser anunciada nesta quarta.

Bombinhas

A prefeitura ainda avalia se vai manter a programação. A ideia inicial era criar pequenos eventos para estimular que as pessoas não se em um lugar só,

Barra Velha

Segundo a prefeitura, o evento de réveillon está mantido. Uma nota com os protocolos sanitários adotados deve ser divulgada ao longo do dia.

Notícias Relacionadas

Fecam leva mais dois casos de suposta falsidade ideológica para Ministério Público

Prefeitos Antônio Ceron (PSD), de Lages, e João Cidinei Da Silva (PL), de Anita Garibaldi, foram colocados na nominata da chapa 3, encabeçada pelo prefeito de São João do Itaperiú, Clézio Fortunato

Presidente do Legislativo de Jaraguá do Sul visita Câmara de Criciúma

Jair Pedri (PSD) esteve na cidade na manhã desta quinta-feira, 27

Bebê de 7 meses morre por complicações da Covid-19 em SC

A criança possuía comorbidades e estava internada no hospital

Ventos e descargas elétricas deixam 50 mil famílias sem energia no Norte de SC

Foram afetadas cidades como Araquari, Balneário Barra do Sul e São Francisco do Sul