Saúde

Cidades de SC atrasam 2ª dose da vacina por falta da Coronavac

Por causa do estoque zerado, municípios tiveram que paralisar a aplicação do reforço vacinal nesta semana

Divulgação

Por causa do atraso no envio de vacinas contra a Covid-19, algumas cidades catarinenses zeraram o estoque de Coronavac que seria utilizado para a aplicação das segundas doses. Nesses municípios, o reforço do imunizante, produzido pelo Butantan, foi interrompido nesta semana.

A previsão do instituto é de que novas doses sejam encaminhadas ao Ministério da Saúde na próxima segunda-feira (3). Marcelo Queiroga, chefe da Pasta, porém, começou a semana demonstrando preocupação com o atraso das novas remessas.

Gaspar

Em Gaspar, no Vale do Itajaí, a aplicação da segunda dose, em idosos de 67 e 68 anos, já precisou ser suspensa. O reforço estava agendado para acontecer entre esta segunda (26) e terça-feira (27). Isso porque, segundo a prefeitura, havia a previsão de que novas remessas da Coronavac fossem enviadas na última sexta (23) – tendência que, segundo a prefeitura, não se confirmou.

Apesar disso, o município reforça que ainda não houve comprometimento na imunização, já que existe uma orientação do Estado para fazer o reforço no 28º dia após a primeira aplicação. “Em Gaspar, estamos agendando a aplicação da segunda dose da Coronavac para 21 dias após a primeira, esclarece a secretária Municipal de Saúde, Silvania Janoello dos Santos.

Jaraguá do Sul

Já a prefeitura de Jaraguá do Sul informou que alguns moradores ficarão com a D2 da Coronavac atrasada, já que o estoque municipal está zerado.

“O Município de Jaraguá do Sul recebeu, na semana passada, apenas 430 doses da Coronavac, o que já era considerado abaixo da expectativa para a continuidade da aplicação da segunda dose”, informou a assessoria da prefeitura, em nota. Os imunizantes acabaram na tarde desta segunda-feira (26).

Segundo o município, embora “tenham sido enviados os mesmos quantitativos de frascos, o número de doses inseridos neles é menor que o previsto e esta perda técnica é de 10%”.

Rio do Sul

Embora ainda não tenha pessoas com o reforço atrasado, o município de Rio do Sul informou que já há idosos no período de aplicação da segunda dose – que vai do dia 26 de abril até 5 de maio. A prefeitura, no entanto, aguarda a nova remessa, prevista para a próxima semana.

São José

Também tem cidade na Grande Florianópolis sem disponibilidade da vacina produzida pelo Butantan. Em São José, apenas a aplicação da vacina Oxford/Astrazeneca está sendo realizada nesta semana.

“Estamos aguardando uma nova remessa do Ministério da Saúde e Governo de Estado para retomar a aplicação da segunda dose da Coronavac”, contextualizou, em nota, a prefeitura. Nesta semana, idosos de 67 e 69 anos deveriam começar a ser vacinados no município.

Tijucas

A Prefeitura de Tijucas também informou que a vacinação contra a Covid-19, tanto para primeira quanto para segunda dose, está paralisada no município.

“Tijucas aguarda a chegada de novas remessas de vacina para dar continuidade à imunização de primeira e segunda doses.

Assim que recebermos mais doses por parte do Estado faremos a divulgação de novo calendário”, informou, em nota, o poder municipal.

Confusão nas datas
A orientação inicial era de que Estados e municípios estocassem as segundas doses da Coronavac, para garantir a aplicação do reforço nas semanas seguintes.

Com a promessa de maior frequência no encaminhamento de vacinas, porém, a indicação do Ministério da Saúde mudou em 21 de março. A pasta passou a pedir que as secretarias abrissem mão do armazenamento, a fim de acelerar a campanha de imunização contra a Covid-19.

O Instituto Butantan informou, nesta terça-feira (27), que deverá retomar as entregas na próxima segunda-feira (3). A previsão inicial era que o Instituto concluísse o primeiro contrato com o Ministério da Saúde para o fornecimento de 46 milhões de doses até o fim de abril. Ao todo, restam ser entregues 3,2 milhões de doses.

Com informações do NDMais

Notícias Relacionadas

Dois projetos aprovados e treze proposições pautam sessão do Legislativo de Lauro Müller

Cocal do Sul adere a campanha “Faça Bonito” em alusão ao abuso sexual infanto-juvenil

O dia 18 de maio é uma data instituída para refletir e debater o assunto e chamar a atenção da população quanto ao tema

CCR ViaCosteira informa cronograma semanal de obras na BR-101 Sul

Para a execução desses os serviços são necessários bloqueios de faixas e operações pare-e-siga, podendo ocasionar lentidão ou retenção de veículos em alguns segmentos

Vacina é esperança para população e pôr fim à pandemia, diz Queiroga

Ministro da Saúde visitou Instituto Bio-Manguinhos da Fiocruz no Rio