Clima

Cidades de SC registram rajadas de vento acima de 80 km/h

Segundo Defesa Civil, Estado segue em alerta para a ocorrência de fenômenos nesta quarta-feira

Divulgação

Santa Catarina registrou ventos de mais de 80 km/h nesta quarta-feira (30), segundo dados da Defesa Civil. O Estado segue em alerta para ocorrência de fenômenos, principalmente por conta da previsão de temporal para todas as regiões.

De acordo com a Defesa Civil, no Estado, a média da velocidade dos ventos chegou a 56,5 km/h. Balneário Arroio do Silva, no Sul, foi o município em que o fenômeno atingiu a maior velocidade: 84,6 km/h.

Já em Siderópolis, também no Sul, foi registrada velocidade de 80,3 km/h. Os dados são da madrugada e da manhã desta quinta-feira.

A força dos ventos também causou estragos em outros municípios. Em Anita Garibaldi, na Serra Catarinense, a queda de uma árvore, devido a força do vento, deixou parte da SC-452 interditada.

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar e da Celesc estiveram no local, onde fizeram o corte da árvore e liberaram a via.

Confira as cidades com as maiores rajadas de vento:

Balneário Arroio do Silva: 84.6 km/h
Siderópolis: 80.3 km/h
Campos Novos: 72.0 km/h
Chapecó: 67.0 km/h
Tangará: 67.0 km/h
Imbituba: 65.8 km/h
Joaçaba: 64.1 km/h
Urupema: 63.3 km/h
Jaguaruna: 59.4 km/h
Tubarão: 55.6 km/h
Campo Belo do Sul: 53.5 km/h
São Miguel do Oeste: 52.9 km/h
Araranguá: 50.4 km/h
Dionísio Cerqueira: 49.3 km/h
Criciúma: 48.7 km/h
Caibi: 48.5 km/h
Concórdia: 48.2 km/h
São Joaquim: 35.5 km/h
Urussanga: 32.0 km/h
Rancho Queimado: 31.3 km/h

SC tem alerta para alagamentos e chuva intensa

De acordo com a Defesa Civil, a passagem de uma frente fria por Santa Catarina nesta quarta-feira (30) provocará temporais em todas as regiões. Por conta disso, há o risco alto para ocorrências associadas ao fenômeno.

Entre os riscos, está o de alagamentos, deslizamentos e enxurradas, provocados pela chuva intensa, e de fortes rajadas de vento, descargas elétricas e queda de granizo.

Além disso, a chuva que atinge Santa Catarina deixou cerca de 50 mil pontos sem energia elétrica na tarde desta quarta-feira. Só em Joinville, no Norte do Estado, 13.635 imóveis estavam sem luz por volta das 16h.

O município também registrou estragos devido as chuvas. Segundo a Defesa Civil municipal, ao menos seis ocorrências de destelhamento e quedas de árvores foram registradas.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Homem acorda para trabalhar e se assusta com visita inesperada em SC

Polícia Militar foi acionada para ir até a casa do homem em Campos Novos, no Meio-Oeste do Estado

Rodovia de Criciúma onde morreu empresário fica pronta em dez dias

Previsão de entrega da revitalização de um dos acessos de Criciúma teve o cronograma readaptado, mas agora está no novo prazo previsto

Mulher é atingida com tijolada na cabeça por marido bêbado em SC

Vítima foi parar no hospital e precisou de pontos cirúrgicos na cabeça. Agressor foi preso em flagrante

Prazo para aderir ao Relp termina dia 31, alerta Receita Federal

Pagamento pode ser feito em até 180 vezes