Educação

Círculo de Leitura: O Meu Pé de Laranja Lima foi o livro do mês de julho

Projeto do Colégio Universitário criado em abril deste ano incentiva a leitura aos estudantes de todos os anos

Divulgação

O Círculo de Leitura do Colégio Universitário visa fomentar a literatura entre os seus estudantes. O projeto iniciou em abril deste ano, com o foco em obras mais contemporâneas e conhecidas do público juvenil. O último livro escolhido para leitura foi O Meu Pé de Laranja Lima, do autor José Mauro de Vasconcelos.

“Iniciamos em abril com o Diário de Anne Frank, em maio lemos Harry Potter e a Pedra Filosofal e no mês seguinte Jogos Vorazes, todos livros internacionais. Escolhemos esse título pois não tínhamos trabalhado uma literatura brasileira. Existe preconceito e queremos valorizar a obra perante a eles”, comentou a professora Thamires Dondóssola.

O encontro dos alunos ocorre uma vez por mês, portanto eles têm esse tempo para ler o livro da vez. “É uma coisa muito gostosa. Quem é leitor gosta de conversar sobre o livro que está lendo, comparar o que achou, o que entendeu, se a sensação que o outro teve foi a mesma. É algo muito livre, uma conversa aberta”, complementou Thamires.

O círculo é aberto para participação de todos os anos, do fundamental ao médio. Os professores procuram escolher livros que estão disponíveis na biblioteca para facilitar o acesso às obras. “No encontro sempre presenteamos os alunos com um marca páginas com o tema do livro que será discutido”, concluiu a professora.

Notícias Relacionadas

Governador lança Programa Bolsa Estudante para combater a evasão escolar

O programa será instituído por Projeto de Lei (PL) que será encaminhado à Assembleia Legislativa.

São Ludgero vacina contra Covid-19 adolescentes com 13 anos

Acontece na Sala de Vacinas, localizada na ESF Margem Esquerda.

Mulheres Artesãs da Coopercocal retomam atividades presenciais

As atividades iniciaram na última semana, com capacidade reduzida, seguindo todos os protocolos de segurança.

CRAS de Orleans é invadido e tem TV, notebook, celular e caixas de som furtados

Quando chegou para trabalhar no local, servidora constatou que a janela estava aberta e que havia uma cadeira próxima a ela.