Vida Fitness e Saúde

Circunferência Abdominal: Por Que Você Deve Prestar Atenção a Essa Medida

Foto: Divulgação

A circunferência abdominal é um importante indicador de risco para diversas condições de saúde. Este parâmetro é amplamente utilizado na prática clínica para avaliar a quantidade de gordura visceral, aquela que se acumula ao redor dos órgãos internos e está fortemente associada a várias doenças crônicas.

Riscos Associados à Circunferência Abdominal Elevada:

1- Doenças Cardiovasculares:

Hipertensão: A gordura abdominal excessiva está associada ao aumento da pressão arterial, um fator de risco significativo para doenças cardíacas.

Doença Arterial Coronária: A presença de gordura visceral aumenta a probabilidade de desenvolvimento de placas nas artérias, levando à aterosclerose e, potencialmente, a ataques cardíacos.

2- Diabetes Tipo 2

A gordura visceral contribui para a resistência à insulina, uma condição em que o corpo não usa a insulina de forma eficaz. Isso pode levar ao desenvolvimento do diabetes tipo 2, uma doença crônica que afeta a maneira como o corpo processa o açúcar no sangue.

3- Síndrome Metabólica

A circunferência abdominal elevada é um dos componentes da síndrome metabólica, um conjunto de condições que inclui hipertensão, níveis elevados de açúcar no sangue, níveis anormais de colesterol e excesso de gordura abdominal. A síndrome metabólica aumenta significativamente o risco de doenças cardíacas, derrames e diabetes.

4- Câncer

Estudos sugerem que a gordura abdominal excessiva pode aumentar o risco de vários tipos de câncer, incluindo câncer de cólon, mama (em mulheres pós-menopáusicas), endométrio e pâncreas.

5- Problemas Respiratórios

O excesso de gordura abdominal pode levar a problemas respiratórios, como apneia do sono, uma condição em que a respiração é interrompida repetidamente durante o sono. A apneia do sono está associada a uma série de complicações, incluindo hipertensão e doenças cardíacas.

Medindo a Circunferência Abdominal

Para medir a circunferência abdominal, utilize uma fita métrica flexível. A medida deve ser feita na altura do umbigo, com a fita posicionada de maneira horizontal ao redor da cintura. É importante que a pessoa esteja em pé, relaxada e com a respiração normal. A fita deve estar justa, mas não apertada ao ponto de comprimir a pele.

Valores de Referência

Homens: Uma circunferência abdominal superior a 94 cm é considerada um fator de risco elevado para problemas de saúde.

Mulheres: Para as mulheres, uma circunferência abdominal superior a 80 cm é um indicador de risco.

Prevenção e Controle

Manter a circunferência abdominal dentro dos limites saudáveis envolve adotar um estilo de vida equilibrado, que inclua:

Alimentação Saudável: Dietas ricas em frutas, legumes, grãos integrais e proteínas magras, e pobres em açúcares e gorduras saturadas.

Atividade Física Regular: Praticar pelo menos 150 minutos de atividade física moderada por semana.

Controle do Peso: Manter um peso corporal adequado através de uma combinação de dieta e exercício.

Evitar o Tabagismo e o Consumo Excessivo de Álcool: Ambos podem contribuir para o acúmulo de gordura abdominal.

Notícias Relacionadas

Thiago Fontanela: Carbonífera Catarinense comemora 25 anos com missa

Atualmente a empresa emprega 600 empregos diretos e colabora para mais 5000 indiretamente, esse número deve crescer ainda mais com o decorrer dos anos

Tigre vence o Botafogo por 2 a 1 e sobe para 13º lugar no Brasileirão

Agiotas que cobravam dívidas até no local de trabalho das vítimas são presos em SC

Empresário está entre os presos

Fim de semana de veranico antecede chuvas e temporais em Santa Catarina

Esse novo veranico de junho antecede a passagem de uma frente fria