Geral

Cocal do Sul ganha Trilha Ecológica do Palmiteiro

A área, importante para educação ambiental, contará com espécies de árvores raras, como a canela preta e araçá-piranga e é possível ainda, com paciência, avistar tucanos e bugios

Divulgação

Uma área verde localizada na comunidade do Bairro Ângelo Guolo, com 12 mil metros quadrados. Foi este espaço que se transformou e se tornou um refúgio para aqueles que buscam estar em contato com a natureza. Nesta quarta-feira (29), a Fundação do Meio Ambiente de Cocal do Sul (Fundac), em conjunto com a Prefeitura Municipal, realizou a abertura da Trilha Ecológica do Palmiteiro.

De acordo com a diretora da Fundac, Karla Pezente, o trabalho foi intenso e contou com o empenho de toda a equipe. “Foram realizados mutirões para a retirada de resíduos que se encontravam no local”, comenta. A área verde foi revitalizada, com o plantio de grama em toda extensão de frente, recebeu cercamento em madeira, iluminação, lixeiras, além de plantio de árvores nativas frutíferas e frondosas.

Em parte da área verde foram colocadas bobinas e troncos, para servirem como mesas e bancos e proporcionar à comunidade a oportunidade de observação da Fauna e Flora. A trilha foi batizada como “Trilha Ecológica do Palmiteiro” em razão da quantidade de árvores desta espécie.

Autoridades, servidores, vereadores e comunidade foram prestigiar a abertura da trilha, que mesmo em meio à chuva recebeu a visita de todos. Ao longo da trilha, foram colocadas várias placas indicativas, sendo possível ter contato com fauna e flora, o que não é comum no meio urbano. Ao final da trilha, há uma cascata com a água límpida.

“Existem algumas espécies de árvores raras, como a canela preta e araçá-piranga e é possível ainda, com paciência, avistar tucanos e bugios; uma importante área pra educação ambiental no município”, frisa a diretora da Fundac, Karla Pezente.

Notícias Relacionadas

Homem que matou estuprador é condenado a 14 anos de prisão em Criciúma

O crime aconteceu em fevereiro de 2019, quando a vítima foi assassinada a tiros por Y.D.C., à época com 23 anos, no bairro Cristo Redentor, em Criciúma

São Ludgero foi sede da reunião do Colegiado de Educação da Amurel

O evento foi aberto e coordenado pelo Assessor da Amurel, responsável pela área de Educação

Governador Carlos Moisés destaca inovação catarinense durante Circuito Inova SC

O reitor do Unibave, Guilherme Valente de Souza, destacou o momento ímpar vivido pela Acafe e por cada universidade comunitária do Estado

Santa Catarina reduz a cinco meses intervalo para dose de reforço em idosos

A logística de encaminhamento de doses para os municípios tem ocorrido de forma ágil e leva em conta a estimativa populacional do IBGE