Saúde

Cocal do Sul implanta Ouvidoria da Saúde

A partir de agora, os sul-cocalenses terão um canal direto com a administração para dúvidas, reclamações e sugestões

Divulgação

Dando continuidade ao cronograma de ações do mês de setembro, o Governo de Cocal do Sul, por meio da Secretaria de Saúde, lançou nesta terça-feira (14), a Ouvidoria da Saúde. Todos os serviços do município que prestam serviço à população através do SUS farão parte do sistema de ouvidoria. O objetivo é garantir e ampliar o acesso das pessoas na busca efetiva de seus direitos, como um instrumento de fortalecimento do controle social.

Os contatos poderão ser feitos pelo telefone 3444-6121, 98835-4248 ou pelo e-mail [email protected] “Este será o elo entre o cidadão e a administração pública ao receber, examinar e encaminhar as diversas manifestações recebidas”, frisa a coordenadora da Atenção Primária à Saúde, Glícia Pagnan. A Ouvidoria da Saúde, implantada hoje em Cocal do Sul, está ligada ao Sistema OuvidorSUS (que faz parte do Ministério da Saúde), desenvolvido pelo Departamento de Informática do SUS.

Ainda de acordo com Glícia, os objetivos da implantação da ouvidoria são poder atuar como ferramenta no processo de descentralização, facilitar a democratização de informações em saúde, agilizar o processo de recebimento, encaminhamento, acompanhamento e resposta das manifestações recebidas e gerar relatórios gerenciais que auxiliem na melhoria contínua do SUS.

“As demandas deverão ser encaminhadas aos órgãos responsáveis no prazo máximo de três dias úteis e após isso, dependendo do grau de prioridade, haverá um prazo estabelecido para atender e responder o cidadão”, explica Glícia. As pessoas poderão usar o serviço da ouvidoria para contribuir com denúncia, elogio, informação, reclamação, solicitação e sugestão.

Não é obrigatório se identificar, porém caso a pessoa queira identificar-se e manifestar o interesse de que sua identidade seja resguardada, a Ouvidoria assume o compromisso de mantê-la em sigilo.

Notícias Relacionadas

Grupo que vendia carne vencida em churrascaria de espeto corrido de SC é condenado

Esquema criminoso foi revelado há um ano; dez pessoas foram condenadas a mais de 60 anos de prisão

Gripe: vírus H3N2 causou sete mortes no último mês em SC

Segundo a Dive, três das mortes ocorreram em Tubarão

Olim Agro Tech 2022 trouxe cerca de 250 pessoas

O evento foi promovido nesta terça-feira (25)

Justiça recebe denúncia contra acusados por assassinato de jovem na praia de Itapirubá

Segundo a denúncia, no dia do crime, os denunciados teriam cerceado a liberdade da vítima por cerca de oito horas