Geral

Colaboradores da Satc participam de palestra sobre prevenção contra dengue

Ação buscou conscientizar e ensinar características do mosquito Aedes Aegypti e contou com a participação de membros do Grupo de Apoio, Cipa, Manutenção e Limpeza

Foto: Divulgação

Em épocas de proliferação de dengue, os cuidados individuais e coletivos devem ser redobrados. Para manter a segurança em todos os ambientes da instituição, a Satc realizou uma palestra para colaboradores. A iniciativa buscou conscientizar e ensinar características do mosquito Aedes Aegypti e contou com a participação de membros do Grupo de Apoio, Cipa, Manutenção e Limpeza.

“É necessário trazer esse assunto para os nossos colaboradores. Saber quais são as medidas preventivas que devem adotar para evitar o contato com esses mosquitos. Que forma a gente pode estar fazendo ações dentro da empresa e de que forma a gente pode estar agindo também dentro da própria instituição, é importante para que a gente venha a eliminar os criadores de mosquito”, afirma o técnico em Segurança do Trabalho e coordenador do Grupo de Apoio da Satc, Giovane Feltrin Schneider.

Ainda, de acordo com o Schneider, durante a palestra foram abordadas informações técnicas da real situação da dengue nos municípios da região. “Quanto mais pessoas estiverem conscientes e cientes do real risco que a dengue traz para cada um, melhor serão as ações que todos poderão estar fazendo em conjunto e de forma individual, seja na empresa ou seja nas suas casas”, ressalta o técnico.

Quem ministrou a palestra foi o biólogo regional de Saúde de Criciúma, Tiago Moreti, que instruiu os participantes sobre como identificar sintomas da dengue e outras doenças transmitidas pelo Aedes Aegypti, permitindo uma resposta rápida e adequada caso ocorram casos suspeitos.

“O legal é que as pessoas têm curiosidade, e às vezes elas não têm informação correta. Então o nosso papel é trazer essa informação e ser multiplicador desse conhecimento. A maneira mais eficaz de cada conversa como essa é que se cada um de nós que receber essa informação, seja multiplicador para outras pessoas. Assim, cada um fazendo seu papel a gente consegue cuidar de um maior espaço e cuidar de mais pessoas”, explica o biólogo.

Para Ana Julia Zanatta Locks, colaboradora do setor de Projetos da Satc e participou da palestra, o momento foi edificante para que todos mantenham os cuidados e possam manter um ambiente seguro dentro da instituição. “No dia a dia a gente não tem noção da gravidade da situação e com essa conversa a gente conseguiu entender um pouco e compreender a dimensão do problema e as formas de evitar e combater a dengue”, comenta.

Notícias Relacionadas

Resultado da Mega-Sena 2715 de hoje 20/04: confira os números sorteados

Prêmio de R$ 100 milhões em disputa na Mega-Sena; veja se você ganhou

Homem é preso por comprar fios de energia furtados

Homem é encontrado morto em casa abandonada em Araranguá

SC amanhece ‘congelante’ pelo 3º dia consecutivo e paisagens ficam totalmente brancas

Paisagens da Serra ficam congelantes e atraem a curiosidade de moradores e turistas