Geral

Colearning Satc dobra quantidade de startups incubadas em 2020

De oito negócios, número subiu para 17, e todos eles finalizaram ano com saldo positivo

Divulgação

O Colearning Satc mais que dobrou a quantidade de startups incubadas em 2020. O ano começou com oito negócios e encerrou com 17 instalados no local. As novas empresas, mesmo com os desafios impostos pela pandemia, ainda, conseguiram aumentar a quantidade de clientes e todas elas finalizaram 2020 com saldo positivo nos negócios.

O ano foi movimentado principalmente para os negócios de bases tecnológicas. Segundo o líder do Colearning, Vitor Ferro Mazzuco, com a alta adesão do home office e a transformação digital que tomou conta de 2020, aumentou a procura por ferramentas e soluções dessas empresas. “Foi um ano de consolidação para muitas startups, pois mostraram que estão preparadas para gerir, mesmo em períodos de crise”, destaca.

Em dezembro de 2020, o Colearning completou um ano e setes meses de operação, ocupando um andar no Centro Tecnológico Satc (CTSatc). Dentro deste período, foi possível entender melhor o mercado e amadurecer junto com as startups que estão incubadas. “Encerramos o ano com a certeza que sabemos fazer a gestão e consolidando o nosso método, que se expandiu fortemente”, ressalta Mazzuco.

Todas as startups desenvolvidas com o apoio da Satc terminaram 2020 com mais clientes que no início do ano. Para o líder do Colearning, o saldo positivo é resultado da metodologia e vantagens oferecidas pela incubadora. “Estudamos formas de agregar valor para as necessidades dos negócios, aceleramos o processo de crescimento e principalmente damos segurança para eles tomarem decisões”, pontua.

O valor em investimentos dentro da incubadora também aumentou em 2020, tanto de capital próprio, de terceiros ou participação em projetos de pesquisa. O valor, atualmente, passa de R$ 1,5 milhão investido entre as startups.

Divulgação

Incubadas online, sem a necessidade de espaço físico

Uma das novidades de 2020 no Colearning foi a implantação do modelo de incubação 100% online, que possibilita a participação de startups de outras regiões que não dependem de espaço físico. A primeira a aderir ao novo modelo é da Grande Florianópolis.

Com a expansão da modalidade de negócio, para 2021 novas empresas de outras regiões já estão em fase de testes para serem incubadas digitalmente. “Elaboramos um modelo que apresenta agilidade fantástica de resolução de problemas e evolução de negócios. É uma iniciativa que só tende a crescer futuramente”, reforça Mazzuco.

Notícias Relacionadas

PM realiza apreensão de entorpecentes e apetrechos para confecção de drogas em residência de Criciúma

No imóvel, 28 gramas de maconha, 518 gramas de cocaína e uma prensa para transformar o entorpecente foram localizadas; uma mulher foi presa.

Material de pornografia infantil é apreendido em Imbituba

Na casa de um homem, de 46 anos, foram encontrados de dois discos rígidos e um celular, equipamento provavelmente utilizado nas condutas criminosas.

Residência é destruída por incêndio em Cocal do Sul

A residência, de aproximadamente 70 m², foi destruída e o trator, que estava ao lado do imóvel e encontrava-se parcialmente queimado, foi resguardado.

Com dívidas de R$ 30 mil, ONG Amigo Fiel solicita apoio em Forquilhinha

Mais de 1,3 mil animais já foram resgatados, tratados, castrados e encaminhados para adoção.