Educação

Colégio Satc conquista 1º, 2º e 3º lugares no Desafio Nacional Acadêmico

Escola é a primeira do Sul a conquistar a primeira colocação nacional

Divulgação

Um desafio que abrange todas as áreas do conhecimento, assim é o Desafio Nacional Acadêmico (DNA). A competição, que chegou a sua 16ª edição, terminou no último fim de semana e teve como grande vencedor o Colégio Satc. A equipe formada por 25 alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio conquistou o primeiro, segundo e terceiro lugar nacional na competição, sendo a primeira escola do Sul a ganhar a competição.

“Dá muito orgulho, especialmente porque não é um concurso de conhecimento, mas sim de sabedoria, de inteligência. Não é uma pesquisa e achar uma resposta pronta, o objetivo é construir uma resposta. Isso vem de encontro ao que a gente espera na Satc. O conteúdo já está aí disponível para todos, agora, construir um conhecimento, fazer com que eles pensem e raciocinem é de um valor inestimável”, afirma o reitor da UniSatc, Carlos Antônio Ferreira.

A busca pela formação, não só de um estudante, mas de um cidadão é uma busca constante da Satc e vem ao encontro das provas do DNA Nacional, já que elas abrangem desde as ciências exatas até as humanas.

“É uma grande conquista, com muito empenho da equipe. É uma experiência de muito aprendizado para os nossos alunos. Tudo o que temos trabalhado na instituição reflete nesse resultado”, conta a diretora do Colégio Satc, Izes Ester Machado Beloli.

Uma conquista de todos

A competição, que se dá em três etapas, tem sempre o acompanhamento de professores e orientadores. Uma união que faz a conquista ser ainda mais comemorada.

“Para nós, que convidamos esses alunos para participar e vemos o resultado na prática, é estimulante. O crescimento que eles têm de aprendizado em trabalho em grupo é muito grande”, explica a coordenadora de Tecnologias Educacionais do Colégio Satc, Andreia Mariot Scarduelli.

A aluna Clara Pavei Ghedin, do 8º ano, foi uma das participantes e pode sentir na pele a experiência da competição. “Com toda a certeza foi uma experiência muito incrível e que vou levar para a vida inteira”, conta Clara.

Notícias Relacionadas

Programa da Fapesc e do Sebrae tem R$ 1,25 mi para acelerar 25 startups catarinenses

Ao todo, 50 startups poderão concorrer ao edital

Apostas da Lotofácil da Independência começam hoje

Prêmio estimado é de R$ 150 milhões

Criciúma lidera geração de empregos no Sul e bate novo recorde na abertura de empresas

No primeiro semestre deste ano, foram criados 3.302 novos postos de trabalho e 4.952 novos negócios na cidade

Projeto Cidade Empreendedora é iniciado em Morro da Fumaça

Parceria entre Administração Municipal e Sebrae foi apresentada à equipe de governo na manhã desta segunda-feira