Educação

Colégio Satc conquista bronze na etapa estadual da Olímpiada Brasileira de Robótica

Alunos do curso técnico de Mecatrônica tem um novo desafio pela frente, participar da etapa nacional da competição

Divulgação

Estimular crianças e jovens a trilharem caminhos que se conectam com a ciência e tecnologia é um dos compromissos que o Colégio Satc desempenha nos diferentes níveis de ensino. Para consolidar essa aprendizagem prática, quatro alunos do curso técnico de Mecatrônica conquistaram a medalha de bronze na etapa de Santa Catarina da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR). O desafio agora é a confirmação da vaga para a etapa nacional da competição.

Durante a OBR, que ocorreu de forma virtual, os alunos precisaram colocar em prática os conhecimentos de programação e eletrônica que viram em sala de aula. “A equipe criou a programação de um robô que é representado por um carrinho. Ele precisa completar um trajeto com obstáculos e ao final deve realizar o salvamento de bolinhas que representam vítimas”, explicou a coordenadora das Tecnologias Aplicadas do Colégio Satc, Andreia Mariot Scarduelli.

Para o professor Vargner Rodrigues, a conquista representa o esforço e engajamento dos estudantes em buscarem novas experiências. “Vejo esse resultado como uma recompensa para o esforço que a equipe dedicou na competição. Onde puderam também utilizar as habilidades de resolução de problemas utilizando programação que aprendem durante o curso”, destacou.

Duas equipes do Colégio Satc participaram da OBR. A medalha de bronze foi conquista pelos estudantes Gustavo Minatto, Vitor Garcia de Godói, Kauan Nunes e Michel Almeida, com a orientação dos professores Vagner Rodrigues e Cleber Izidoro. Já o grupo formado pelos alunos, Brendon Córdova Silveira, Elias Enns e Gabriel Maurilio Teixeira, com a orientação do professor Guilherme Cardoso Cruz, conquistou o 5º lugar.

Robótica educacional

A descoberta, a inquietude e o aprender fazendo são princípios de uma aprendizagem inovadora que busca a tecnologia como ferramenta de ensino. E a robótica leva as crianças e jovens a pensarem na essência dos problemas e a colocarem seus conhecimentos em prática.

“Participando de eventos como esses ligados à tecnologia os alunos têm oportunidades de novas vivência, mostrando seus conhecimentos e até mesmo ultrapassando os seus limites. Essa conquista representa a dedicação dos nossos alunos”, pontuou Andreia.

O dinamismo que a robótica desperta na vida estudantil, faz com que os estudantes possuam uma formação ainda mais completa e convergente com assuntos inovadores. “A área da robótica desperta motivação para que estudantes consigam pensar e resolver problemas “da vida real” muito parecido com que eles encontrarão no mercado de trabalho”, ressaltou Rodrigues.

Notícias Relacionadas

Motorista morre e duas passageiras ficam feridas em acidente na BR-280, em SC

Colisão aconteceu por volta das 17 horas de quinta-feira, no Planalto Norte Catarinense, em em São Bento do Sul

Professor é indiciado por compartilhar pornografia infantil com alunos em SC

Justiça afastou o homem das salas de aula, e Secretaria de Estado da Educação abriu sindicância interna

Mudas de banana são doadas para as escolas municipais de Criciúma

Iniciativa é uma parceria entre a Gerência de Agricultura e Agronegócio e a Secretaria Municipal de Educação

Últimos dias para adquirir a Rifa da Fazendinha

Até a manhã desta sexta-feira (17), a Escola Bairro Bortolotto já vendeu 39 mil bilhetes